Categoria: Rio de Janeiro

Temporal causa danos no Rio e deixa a cidade em estágio de crise

Da Redação SPRIO+ • 7/02/2019 • 1 semana atrás




Foto: Vinicius Lisboa/ Agência Brasil

A forte chuva, a maior desde o início do verão – um dos mais quentes dos últimos anos -, trouxe caos à cidade do Rio de Janeiro desde a noite de ontem (6), quando o Centro de Operações da prefeitura decretou, às 22h15, estágio de crise – o terceiro nível em uma escala de três.

Os moradores se depararam, por toda a cidade, com muitos danos causados pelo temporal, principalmente nas zonas sul e oeste: árvores caídas e atravessadas em algumas das principais vias em razão dos fortes ventos que, em Copacabana, chegaram a 110 quilômetros por horas; sinais de trânsito funcionando precariamente; postes caídos e bolsões d’água nas principais ruas e avenidas.

Pelo menos cinco pessoas morreram em consequência da chuva, entre elas duas em Guaratiba, na zona oeste, e uma na favela da Rocinha, na zona sul.

Em Guaratiba, as mortes foram provocadas pelo desabamento de uma casa, onde moravam quatro pessoas. Mais duas ficaram feridas no mesmo acidente e levadas para o Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, também na zona oeste. Até o início da manhã, ainda não havia informações sobre o estado de saúde delas. Outra morte confirmada ocorreu após um deslizamento na Favela da Rocinha, uma das áreas mais atingidas pela chuva.

Também foram notificados diversos deslizamentos de terra na Avenida Niemeyer, que liga os bairros do Leblon e São Conrado, na zona sul, e que deverá ficar interditada por todo o dia.

Em outro trecho da Niemeyer, um deslizamento provocou o desabamento de parte da Ciclovia Tim Maia, que caiu no mar. O local é próximo da parte da ciclovia que foi derrubada pelas ondas durante uma ressaca em abril de 2016, matando duas pessoas.

Na mesma avenida, outro deslizamento atingiu um ônibus, que acabou tombando sobre a ciclovia na encosta da pista. De acordo com o motorista, dois passageiros que estavam no coletivo ficaram presos nas ferragens. Os bombeiros trabalham no local para tentar resgatar as vítimas.

Alerta Rio

De acordo com dados do Alerta Rio, o sistema de monitoramento da prefeitura, o volume de chuva acumulado em apenas duas horas na noite dessa, quarta-feira, foi maior do que o esperado para todo o mês de fevereiro em alguns pontos dessas regiões.

Até o início da manhã, a prefeitura havia registrado 63 quedas de árvores pela cidade. Em alguns casos, os galhos caíram sobre a rede elétrica e provocaram falta de energia, principalmente em bairros das zonas oeste e norte.

A ventania também arrastou um veleiro que estava nas proximidades de uma das praias da zona sul para o Arpoador, entre Copacabana e Ipanema. A embarcação ficou encalhada na areia, e os quatro ocupantes foram retirados sem nenhum ferimento. Alguns quiosques instalados na orla de Ipanema e no Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste, foram danificados pelo vento.

Ainda há grandes bolsões de água em vários pontos da zona sul, como Leblon, Gávea, Ipanema, Lagoa, Botafogo e em São Conrado. Há bolsões também no Itanhangá e na Barra da Tijuca.

Neste momento, a chuva deu uma trégua e não há previsão de precitações fortes ao longo desta quinta-feira. Pode ocorrer, no entanto, chuva de intensidade fraca a moderada, com probabilidade de deslizamentos de terra nas zonas sul e oeste, onde o solo está encharcado.

Trânsito

Em relação ao trânsito, o prefeito Marcelo Crivella admitiu que a situação mais crítica é na Avenida Niemeyer, que só deverá ter as pistas liberadas no fim do dia.

A avenida é uma das duas opções de ligação entre os bairros da zona oeste, como a Barra, e a zona sul. Nos dias úteis ela opera em mão única sentido zona sul, integrando o corredor reversível em direção ao centro.

Bairros

Entre os bairros mais afetados pelo temporal estão a Rocinha, onde uma pessoa foi arrastada pela força da água, o Vidigal, o Alto da Boa Vista, a Barra da Tijuca e Pedra de Guaratiba.

Sirenes foram acionadas na Favela da Rocinha e na Comunidade Sítio Pai João, no bairro do Itanhangá, perto da Barra. A orientação do Sistema Alerta Rio era para que as pessoas procurassem pontos seguros de apoio.

Vários bairros ficaram sem luz, devido à queda de árvores sobre a rede de alta tensão. As equipes de emergência da Light foram muito acionadas, principalmente nas zonas oeste e norte.

Durante parte da noite, os túneis Santa Bárbara e  Zuzu Angel, que liga São Conrado à Gávea e ao Leblon, foram interditados por quedas de árvores.

Em decorrência do estágio de crise, a prefeitura cancelou a coletiva marcada para hoje, quando seria apresentado o planejamento para o Carnaval Rio 2019.

Fonte: Nielmar Oliveira/ Agência Brasil



A matéria continua após a publicidade
Publicidade

Publicidade

Últimas noticias

Destaque, Esporte, Política

Após tragédia no Ninho do Urubu, CTs são fiscalizados e interditados

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil
Após a tragédia no Ninho do Urubu, que matou dez atletas da base do Flamengo, as autoridades passaram a …

12 minutos atrás
Esporte

Taubaté visita o Juventus visando a recuperação na Série A2

Depois de três jogos sem vitória, o Taubaté visita o Juventus da Mocca, neste domingo (17), na Rua Javari, às …

12 horas atrás
Esporte

Na estreia de Ricardo Navajas, Vôlei Taubaté vence Itapetininga

O Taubaté recebeu o Itapetininga neste sábado (16), em jogo que marcou a estreia do técnico interino Ricardo Navajas no …

13 horas atrás
Esporte

Vôlei São José perde a quarta seguida na Superliga B

O São José Vôlei recebeu o Juiz de Fora nesta tarde de sábado (16) buscando a primeira vitória na Superliga …

13 horas atrás
Cidades, Destaque, Polícia

Justiça barra evento Bloco do Pimenta em Caçapava

A Justiça barrou a realização do evento bloco do pimenta que aconteceria neste sábado em Caçapava. A decisão judicial foi …

15 horas atrás
Cidades

São José tem cerca de 80 mil animais nas ruas; número de adoções cresce

Foto: Rogério Marques/OVale
São José dos Campos tem mais de 80 mil animais abandonados nas ruas, à espera de um amigo. …

21 horas atrás
Cidades, Destaque

Quase 100% das escolas municipais funcionam sem vistoria contra incêndio na RMVale

Foto: Charles Moura/PMSJC
Em quatro das maiores cidades do Vale do Paraíba, 98% das escolas municipais de ensino fundamental não possuem …

22 horas atrás
Cidades, Economia

Carnaval vai render R$ 6,78 bilhões ao país, estima CNC

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
O carnaval brasileiro deve render este ano R$ 6,78 bilhões ao país. Segundo pesquisa divulgada hoje (15) pela Confederação Nacional …

1 dia atrás
Cidades

Com obra paralisada, Arco da Inovação tem audiência de conciliação marcada

Foto: Charles Moura/PMSJC
A 1ª Vara da Fazenda Pública suspendeu temporariamente a obra do Arco da Inovação, a ponte estaiada que …

1 dia atrás
Esporte

São José Vôlei recebe Juiz de Fora em busca da primeira vitória na Superliga B

Em busca da primeira vitória, o São José Vôlei recebe o Juiz de Fora neste sábado (13), em partida válida …

1 dia atrás