Categoria: Destaque, Política

Decreto do indulto humanitário é publicado no Diário Oficial

Da Redação SPRIO+ • 11/02/2019 • 6 dias atrás




Foto: Agência Brasil

O decreto de indulto humanitário para conceder liberdade a presos portadores de doenças graves e em estado terminal está publicado no Diário Oficial da União, na seção 1, página 4. O decreto é assinado pelo presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

Bolsonaro assinou o decreto na semana passada, enquanto se recupera da cirurgia de reconstrução do trânsito intestinal, no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo. A assinatura foi na presença do subchefe de assuntos jurídicos da Casa Civil, Jorge Antônio de Oliveira Francisco.

Direitos

O texto autoriza o indulto em casos específicos, como paraplegia, tetraplegia ou cegueira adquirida posteriormente à prática do delito ou dele consequente. A condição precisa ser comprovada por laudo médico oficial ou por médico designado pelo juiz executor da pena.

No decreto, estão beneficiados também os presos com doença grave, permanente, que, simultaneamente, imponha severa limitação de atividade e que exija cuidados contínuos que não possam ser prestados no estabelecimento penal, desde que comprovada por laudo médico oficial, ou, na falta do laudo, por médico designado pelo juízo da execução.

O indulto se estende ainda para os detentos com doença grave, neoplasia maligna ou síndrome da deficiência imunológica adquirida (Aids), desde que em estágio terminal e comprovada por laudo médico oficial, ou, na falta do laudo, por médico designado pelo juízo da execução.

Sem indulto

Há restrições no decreto, como a proibição do indulto aos condenados por corrupção (ativa e passiva), crimes hediondos, de tortura e tráfico de drogas. Também não serão libertados presos condenados por crimes cometidos com grave violência contra pessoa, por envolvimento com organizações criminosas, terrorismo, violação e assédio sexual.

Também estão vetados ao benefícios os condenados por estupro de vulnerável, corrupção de menores, satisfação de lascívia mediante presença de criança ou adolescente e favorecimento da prostituição ou de outra forma de exploração sexual de criança, adolescente ou de vulnerável.

O decreto proíbe ainda o indulto aos condenados por peculato, concussão e tráfico de influência. A medida também exclui aqueles que tiveram a pena privativa de liberdade substituída por restritiva de direitos ou multa, que tiveram suspensão condicional do processo e nos casos em que a acusação recorreu após o julgamento em segunda instância.

De acordo com o texto, não vai ser concedido indulto para aquele que, condenado, não cumpriu a pena correspondente ao crime impeditivo do benefício.

Defensoria Pública

A lista de pessoas com direito ao indulto deverá ser encaminhada à Defensoria Pública, ao Ministério Público, ao Conselho Penitenciário e ao juízo da execução pela autoridade que detiver a custódia dos presos.

O decreto informa que o indulto poderá ser concedido ainda que a sentença tenha transitado em julgado para a acusação, sem prejuízo do julgamento de recurso da defesa em instância superior e que não tenha sido expedida a guia de recolhimento.

O indulto não é aplicável se houver recurso da acusação de qualquer natureza após o julgamento em segunda instância.

(Agência Brasil)



A matéria continua após a publicidade
Publicidade

Publicidade

Últimas noticias

Destaque, Esporte, Política

Após tragédia no Ninho do Urubu, CTs são fiscalizados e interditados

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil
Após a tragédia no Ninho do Urubu, que matou dez atletas da base do Flamengo, as autoridades passaram a …

13 minutos atrás
Esporte

Taubaté visita o Juventus visando a recuperação na Série A2

Depois de três jogos sem vitória, o Taubaté visita o Juventus da Mocca, neste domingo (17), na Rua Javari, às …

12 horas atrás
Esporte

Na estreia de Ricardo Navajas, Vôlei Taubaté vence Itapetininga

O Taubaté recebeu o Itapetininga neste sábado (16), em jogo que marcou a estreia do técnico interino Ricardo Navajas no …

13 horas atrás
Esporte

Vôlei São José perde a quarta seguida na Superliga B

O São José Vôlei recebeu o Juiz de Fora nesta tarde de sábado (16) buscando a primeira vitória na Superliga …

13 horas atrás
Cidades, Destaque, Polícia

Justiça barra evento Bloco do Pimenta em Caçapava

A Justiça barrou a realização do evento bloco do pimenta que aconteceria neste sábado em Caçapava. A decisão judicial foi …

15 horas atrás
Cidades

São José tem cerca de 80 mil animais nas ruas; número de adoções cresce

Foto: Rogério Marques/OVale
São José dos Campos tem mais de 80 mil animais abandonados nas ruas, à espera de um amigo. …

21 horas atrás
Cidades, Destaque

Quase 100% das escolas municipais funcionam sem vistoria contra incêndio na RMVale

Foto: Charles Moura/PMSJC
Em quatro das maiores cidades do Vale do Paraíba, 98% das escolas municipais de ensino fundamental não possuem …

22 horas atrás
Cidades, Economia

Carnaval vai render R$ 6,78 bilhões ao país, estima CNC

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
O carnaval brasileiro deve render este ano R$ 6,78 bilhões ao país. Segundo pesquisa divulgada hoje (15) pela Confederação Nacional …

1 dia atrás
Cidades

Com obra paralisada, Arco da Inovação tem audiência de conciliação marcada

Foto: Charles Moura/PMSJC
A 1ª Vara da Fazenda Pública suspendeu temporariamente a obra do Arco da Inovação, a ponte estaiada que …

1 dia atrás
Esporte

São José Vôlei recebe Juiz de Fora em busca da primeira vitória na Superliga B

Em busca da primeira vitória, o São José Vôlei recebe o Juiz de Fora neste sábado (13), em partida válida …

1 dia atrás