fbpx
Categoria: Destaque, Política

Lava Jato investiga pagamento de propinas de US$ 31 milhões

Da Redação SPRIO+ • 5/12/2018 • 6 meses atrás




A 57ª fase da Operação Lava Jato, batizada de Sem Limites, deflagrada nesta quarta-feira (5) pela Polícia Federal, investiga o pagamento de pelo menos US$ 31 milhões em propinas para operadores e então funcionários da Petrobras, entre os anos de 2009 a 2014. De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), essas propinas foram desembolsadas por “grandes empresas do mercado de petróleo e derivados – conhecidas como tradings”.

Entre as empresas, estão a Vitol, Trafigura e Glencore. Segundo as investigações, há suspeita de que, entre 2011 e 2014, elas fizeram pagamentos de propinas nos valores de US$ 5,1 milhões, US$ 6,1 milhões e US$ 4,1 milhões, respectivamente, “relacionadas a mais de 160 operações de compra e venda de derivados de petróleo e aluguel de tanques para estocagem”.

“As provas apontam que havia um esquema em que empresas investigadas pagavam propina a funcionários da Petrobras para obter facilidades, conseguir preços mais vantajosos e realizar contratos com maior frequência”, diz o MPF.

“Os subornos beneficiavam funcionários da gerência executiva de Marketing e Comercialização, subordinada à Diretoria de Abastecimento. As operações de trading(compra e venda) e de locação que subsidiaram os esquemas de corrupção foram conduzidas pelo escritório da Petrobras em Houston, no estado do Texas, nos Estados Unidos, e pelo centro de operações no Rio de Janeiro”, acrescenta.

A procuradora da República Jerusa Burmann Viecili, que integra a força-tarefa Lava Jato no MPF em Curitiba, informou que “as operações da área comercial da Petrobras no mercado internacional constituem um ambiente propício para o surgimento e pulverização de esquemas de corrupção, já que o volume negociado é muito grande e poucos centavos a mais, nas negociações diárias, podem render milhões de dólares ao final do mês em propina”.

As tradings investigadas comercializam de modo maciço e recorrente com a Petrobras, no mercado internacional. “Somente a Trafigura, entre 2004 e 2015, realizou cerca de 966 operações comerciais com a Petrobras, as quais totalizaram o valor de aproximado de US$ 8,7 bilhões”, diz o MPF.

O procurador da República Athayde Ribeiro Costa ressalta que “trata-se de esquema criminoso praticado ao longo de anos, com envolvimento de empresas gigantes de atuação internacional, parte delas com faturamento maior que o da própria Petrobras. Foram corrompidos funcionários da estatal, com evidências de que ao menos dois ainda estão em exercício, para que as operações de compra e venda de derivados de petróleo favorecessem estas empresas. Os ilícitos estão sujeitos a punições no Brasil e no exterior”.

Os policiais federais cumprem, desde as primeiras horas da manhã de hoje, 11 mandados de prisão, todos em endereços no Rio de Janeiro, e 26 de busca e apreensão.

A Agência Brasiltentou contato, sem sucesso, com a Vitol, Trafigura e Glencore. A Petrobras divulgou nota na qual diz que tem colaborado com as investigações da Lava Jato e que é a maior interessada nos escalrecimentos dos fatos.

“A Petrobras colabora com as autoridades que conduzem a Operação Lava Jato e é reconhecida pelo próprio Ministério Público Federal e pelo Supremo Tribunal como vítima dos crimes desvendados. É a maior interessada, portanto, em ver todos os fatos esclarecidos. A companhia seguirá adotando as medidas necessárias para obter a devida reparação dos danos que lhe foram causados.”

(Agência Brasil)

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil.



A matéria continua após a publicidade
Publicidade

Publicidade
Últimas noticias
Esporte

Joseense empata, mas segue entre os quatro primeiros do grupo 5

Redação SP RIO+

Foto: André Luiz
Vivendo uma boa fase no Campeonato Paulista da segunda divisão, o Atlético Joseense visitou o Amparo, …

10 horas atrás
Esporte

Águia do Vale goleia Atlético Mogi e espanta série de jogos sem vitórias

Redação SP RIO+

Foto: Rodolfo Moreira/Jornal Joseense
A fim de se recuperar no campeonato estadual, a Águia do Vale recebeu o Atlético …

10 horas atrás
Esporte

Manthiqueira é goleado pelo Paulista e se complica no grupo 5

Redação SP RIO+

Foto: Thiago Batista/Esporte Jundiaí
Há quatro jogos sem vencer no Campeonato Paulista da segunda divisão, o Manthiqueira recebeu na …

10 horas atrás
Cidades

Fábrica em São José dos Campos é incendiada por criminosos

OVALE

Foto: Reprodução
Uma fábrica na no bairro Chácaras Reunidas, na zona sul de São José dos Campos, sofreu um incêndio na …

1 dia atrás
Cidades, Destaque

O dia em que Niki Lauda se impressionou com um avião da Embraer

Douglas Cruz/ Redação SP RIO +

Foto: Arquivos/ CNN
O austríaco Niki Lauda, tricampeão de Fórmula 1, morreu nesta segunda-feira (20) aos …

1 dia atrás
Branded

Programa Mãos à Obra – (2° bloco)

No segundo bloco do programa Mãos à Obra, o comandante do Corpo de Bombeiros da Região metropolitana do Vale do …

2 dias atrás
Esporte

Laís Nunes, do São José Wrestling, conquista medalha de bronze em torneio na Itália

Redação SPRIO+

Foto: NB PhotoPress
A lutadora do São José Wrestling, Laís Nunes, garantiu mais um pódio nesta temporada 2019. A joseense …

2 dias atrás
Cidades, Destaque

Rotatória do Colinas será bloqueada no sentido centro

Redação SPRIO+

Foto: Claudio Vieira/PMSJC
A rotatória do Colinas no sentido centro será totalmente bloqueada das 21h desta sexta-feira (24) até 1h …

2 dias atrás
Cidades

Novo deslizamento atinge a região sul de Ilhabela

OVale

Foto: Divulgação/PMI
Um novo deslizamento aconteceu na Rodovia SP 131, no bairro do Piúva, na região Sul de Ilhabela, na manhã …

2 dias atrás
Cidades

Duas empresas disputam contrato pela obra da Via Jaguari em, São José

OVale

Foto: Claudio Vieira/PMSJC
Duas empresas seguem na disputa pelo contrato da obra de construção da Via Jaguari, que irá interligar a …

2 dias atrás