fbpx

Categoria: Geral, Tecnologia

Instragram proíbe publicação de imagens de autoflagelação

Da Redação SPRIO+ • 10/02/2019 • 2 meses atrás




O Instagram anunciou que passará a ter mecanismos para restringir imagens que estimulem a autoflagelação e o suicídio. Imagens de pessoas se machucando, como atos de cortar partes de corpo, serão proibidas na rede social.

As medidas foram uma reação à morte de uma adolescente de 14 anos no Reino Unido, no mês passado. Após o suicídio, o caso gerou questionamentos sobre o papel do Instagram, pela presença no perfil da moça de conteúdos mostrando formas de autoflagelação e relacionados ao suicídio. O pai da jovem, em entrevista a veículos de mídia, responsabilizou diretamente a plataforma.

Além disso, outros conteúdos relacionados a essas práticas, inclusive textos, não serão disponibilizadas nas buscas. Essas mensagens, contudo, não serão removidas das redes sociais. O Instagram justificou que a publicação de mensagens nesse sentido pode ter um papel de expressão em pessoas que estejam convivendo com sofrimento e sentimentos como esses.

Antes, a plataforma já proibia conteúdos que promovessem essas práticas. Mas permitia mensagens relacionadas à admissão delas (como uma pessoa relatando um desejo ou uma tentativa), como forma de alertar amigos e familiares para reagir e prestar apoio.

Orientações de especialistas

Segundo o Facebook, empresa controladora do Instagram, as mudanças foram formuladas a partir do diálogo com especialistas no tema, de diferentes países. Eles teriam indicado o efeito negativo da circulação de imagens de práticas de autoflagelação, como cortes. Elas “podem ter um potencial de promover não intencionalmente a autoflagelação, mesmo quando são compartilhadas no contexto da admissão da prática ou no caminho para uma recuperação”, explicou o diretor global de Segurança do Facebook, Antigone Davis.

Ele acrescentou que a equipe das plataformas ainda avalia como tratar imagens de cicatrizes. Segundo o diretor, os especialistas consultados indicaram ainda polêmicas nos estudos acadêmicos sobre os efeitos desse tipo de imagem em pessoas suscetíveis a cometer algum ato relacionado à prática.

As duas redes sociais, completou Davis, continuarão fornecendo recursos para dar apoio em situações de sofrimento, como a disponibilização, de forma acessível., de “linhas de ajuda” a pessoas nas plataformas.

Transparência

Na avaliação da pesquisadora de proteção de dados Marina Pita, do Instituto Alana, decisões como essa mostram a importância da transparência por parte das plataformas no que se refere às remoções de conteúdos e aos critérios usados nessas medidas. A cobrança por critérios mais claros das redes sociais vêm sendo uma demanda não somente no Brasil, como em outros países.

Além disso, acrescentou Pita, há a necessidade de discutir a lógica de funcionamento dos algoritmos de curadoria dos conteúdos mostrados aos usuários. Isso porque ao identificar uma vulnerabilidade ou condição psicológica de uma pessoa, especialmente adolescentes, o sistema passa a privilegiar conteúdos relacionados. “A plataforma, a partir da visualização de um conteúdo, identifica que aquele adolescente tem interesse naquele tipo de imagem e vai reforçar isso”, alerta a pesquisadora.

Isso ocorre, completou, em casos em que muitas vezes os usuários das redes sociais não têm consciência dessa forma de funcionamento. Por isso, é importante discutir de forma transparente não somente medidas como a anunciada, mas a própria dinâmica de segmentação dos usuários e de veiculação de publicidade a partir dela, que pode ter efeitos prejudiciais sobre os internautas.

(Agência Brasil)



A matéria continua após a publicidade
Publicidade

Publicidade

Últimas noticias

Cidades

Voluntárias fazem ação de Páscoa em unidades de acolhimento em São José

OVale

Foto: Lucas Cabral/PMSJC
Na manhã desta quinta-feira (18), um grupo de voluntários realizou na Casa dos Bebês uma ação social para …

1 hora atrás
Cidades

Tarifa sofre reajuste a partir desta quinta-feira em Lorena

OVale

Foto: Divulgação/PML
A tarifa do transporte coletivo passou a custar R$ 3,70 nesta quinta-feira (18) em Lorena (SP). O reajuste é …

3 horas atrás
Cidades

Sabesp garante qualidade da água em cidades do Vale

OVale

Foto: Divulgação
A Sabesp garantiu que nas cidades atendidas no Vale do Paraíba não há agrotóxicos na água acima dos limites …

3 horas atrás
Agenda Cultural

Agenda Cultural – 18/04/2019

[Encenação da Paixão de Cristo, Exposição Colorindo a Vida, Daniel, Dennis DJ, Chico Salêm e muito mais…]
Confira a AGENDA CULTURAL …

3 horas atrás
Esporte

São José Futsal recebe Corinthians pelo Campeonato Paulista

Por: Pedro Bavuso

Foto: Divulgação/São José Futsal
Após ganhar de 6 a 1 do Taboão da Serra na ultima terça-feira, o São …

3 horas atrás
Cidades

MP ajuíza ação sobre improbidade em descarte irregular em Guará

Thaís Leite/OVale

Foto: Divulgação/PMG
O Ministério Público ajuizou uma ação de improbidade administrativa sobre o município de Guaratinguetá e a Saeg (Companhia …

3 horas atrás
Economia

RMVale recebe R$ 7 bilhões em benefícios da Previdência Social, diz Dieese

Xandu Alves (OVale)

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil
O Vale do Paraíba recebeu R$ 7 bilhões em benefícios pagos pela Previdência Social no …

7 horas atrás
Cidades

Novo sistema viário deve custar R$ 24 milhões em Jacareí

Thaís Leite/ Jornal OVale

Foto: Alex Brito/ PMJ
O novo sistema viário que deve ligar o centro com as regiões norte e …

7 horas atrás
Cidades, Destaque

Rodovias realizam operação especial durante o feriado de Páscoa

Por redação SPRIO+

Foto: Divulgação/CCR Nova Dutra
A via Dutra terá, a partir desta quinta-feira (18), operação especial de orientação e atendimento …

8 horas atrás
Economia

Petrobras reajusta em R$ 0,10 litro do diesel nas refinarias

Vladimir Platonow/Agência Brasil

Foto: Divulgação
O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, anunciou aumento de R$ 0,10 por litro de diesel nas …

11 horas atrás