fbpx
Categoria: Geral

Mulheres dedicam a afazeres domésticos o dobro de horas dos homens

Da Redação SPRIO+ Publicado em 26/04/2019, às 15:28 • Atualizado em 26/04/19, às 15:31




Alana Gandra/Agência Brasil

Mulheres dedicam a afazeres domésticos o dobro de horas dos homens

Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC) referente a outras formas de trabalho, divulgada hoje (26), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), revela que a quantidade de horas dedicadas pelos brasileiros para a realização de afazeres domésticos e cuidados com pessoas é maior entre as mulheres do que entre os homens. A captação das horas é feita junto, porque essas tarefas ocorrem simultaneamente.

“Às vezes, a mulher está cozinhando e olhando o filho. Ou o homem está fazendo alguma coisa e estudando com o filho”, explicou a economista Maria Lúcia Vieira, gerente da PNAD.

A sondagem do IBGE revela que as mulheres dedicam 21,3 horas semanais a essas duas atividades; entre os homens elas caem para 10,9 horas semanais. “Então, nas mulheres, é o dobro”, afirmou Maria Lúcia, à Agência Brasil.

A PNADC abrange afazeres domésticos, cuidados com pessoas, trabalho voluntário e produção para o próprio consumo, categorias definidas como outras formas de trabalho pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) durante conferência internacional, em 2013.

Estados

O estado do Amapá e o Distrito Federal são as unidades da Federação que apresentam as menores diferenças entre mulheres e homens que realizam afazeres domésticos no país: 6 pontos percentuais e 6,6 pontos percentuais, respectivamente.

O Distrito Federal supera a média nacional de 85,6% de pessoas que realizam afazeres domésticos no próprio domicílio ou em casa de parentes, alcançando taxa de 91,9%. O DF é o maior também no índice de homens que cumprem afazeres domésticos, 88,3%, contra média Brasil de 78,2%, mas perde para o Mato Grosso do Sul na taxa de mulheres que se dedicam a esse tipo de tarefas. Enquanto nesse estado, o índice apurado em 2018 foi 95,4%, o DF ocupou o segundo lugar, com 94,9%. A média Brasil para o sexo feminino ficou em 92,2%.

Maria Lúcia Vieira disse que o maior percentual registrado no Distrito Federal está relacionado com o grau de escolaridade, idade e renda. “Quanto mais escolarizado, mais afazeres domésticos faz. E essa é uma região bastante escolarizada”, disse.

A média Brasil foi 82,2% para pessoas sem instrução, 84,6% para pessoas com ensino fundamental completo, 88% para ensino médio completo e 90% para curso superior completo. Na mesma classificação, os números do DF atingiram 89,1%, 90,6%, 92,8% e 93,6%, em 2018.

Faixa etária

A população que mais realiza afazeres domésticos está na faixa etária de 25 a 49 anos de idade, considerada bem inserida no mercado de trabalho. Em 2018, essa faixa etária apresentou taxa de 89,4% no país. O número foi bem elevado também para pessoas com 50 anos ou mais (86,2%), caindo para o grupo de 14 a 24 anos de idade (76,4%).

Maria Lúcia disse que o tipo de atividade realizada e a quantidade de horas dedicadas ainda é diferente entre os sexos. “O papel desempenhado e a quantidade de horas que a mulher e o homem dedicam a essa atividade de afazeres ainda são bastante diferenciados. A gente vê que atividades talvez mais trabalhosas, que são o fazer faxina, lavar ou cozinhar, ainda estão muito sob a responsabilidade da mulher, assim como cuidar da criança e das necessidades básicas dela de comer, de tomar banho ou estudar. Esse papel ainda cabe muito à mulher”.

Os homens preferem atividades mais periféricas, segundo a economista do IBGE. Entretanto, ela mostrou otimismo. “Eu vejo melhora. Mas ainda há uma diferença de papel”.

Taxa de realização

A pesquisa revela que a taxa de realização de afazeres domésticos no próprio domicílio ou na casa de parente foi maior em 2018 para as mulheres, tanto ocupadas (95%), como não ocupadas (90%), do que para homens ocupados (82,6%) e não ocupados (70,7%). Maria Lúcia observou que embora tenha diminuído a diferença nessa taxa entre homens e mulheres, a intensidade de horas dedicadas a afazeres domésticos é diferente. “As mulheres, mesmo as ocupadas, dedicam mais horas a afazeres domésticos e cuidados do que os homens ocupados”.

A economista do IBGE destacou que enquanto os homens são mais voltados para arrumar domicílio e garagem, limpar o jardim ou fazer pequenos reparos, as mulheres se dedicam mais a cozinhar, lavar louça, cuidar das roupas.

Preparar ou servir alimentos teve taxa de 60,8% para os homens, em 2018, e 95,5% para as mulheres. A gerente da PNAD chamou a atenção para o fato de que vem crescendo o percentual de homens e de mulheres que realizam afazeres domésticos. Em 2016, eram 61,9% dos homens que faziam essas tarefas, e em 2018, esse número subiu para 78,2%. Entre as mulheres, o índice apurado em 2016 era 89,8% e passou para 92,2% na mesma comparação. Os dois grupos por sexo tiveram aumento, “principalmente entre os homens, porque menos faziam”, disse Maria Lúcia.



Publicidade

Deixe seu comentário:
Os comentários não representam a opinião da SP Rio +. A responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas noticias
Cidades

Pindamonhangaba amplia monitoramento na cidade com 700 novas câmeras

Foto: Divulgação/Assessoria de Imprensa
A Prefeitura de Pindamonhangaba implantou 700 novas câmeras no Programa Cidade Inteligente e conta com mais 1.406 …

45 minutos atrás
Cidades

Prefeitura de Ilhabela arrecada mais de R$ 750 mil com leilão de veículos e sucata

Foto: Divulgação/PMI
A Prefeitura de Ilhabela arrecadou durante o mês de março mais de R$ 754.772,00 com leilão de veículos sucateados …

2 horas atrás
Cidades, Emprego

PAT de Caraguatatuba está com 42 vagas de emprego nesta quinta-feira

Foto: Divulgação/PMC
O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de Caraguatatuba divulgou nesta quinta-feira (15), mais de 42 vagas de emprego …

4 horas atrás
Cidades, Emprego

Balcão de empregos de Taubaté oferece 23 vagas em diferentes áreas nesta quinta-feira

Foto: Divulgação/PMT
O Balcão de Empregos de Taubaté está oferecendo nesta quinta-feira (15), mais de 23 oportunidades em diferentes áreas de …

4 horas atrás
Cidades, Emprego

PAT de Jacareí oferece 61 vagas de emprego nesta quinta-feira

Foto: Divulgação/PMJ
O PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador) de Jacareí está oferecendo nesta quinta-feira (15), cerca de 61 vagas de …

4 horas atrás
Cidades, Destaque

Ministério Público aciona prefeituras do Litoral Norte por descumprimento do Plano SP

Foto: PMC
O Ministério Público está movendo uma ação contra as cidades do Litoral Norte – Caraguatatuba, Ilhabela e São Sebastião …

4 horas atrás
Cidades, Mais Destaques

Paralisação na Ecobus compromete funcionamento do transporte público em São Sebastião

Foto: Divulgação/Arquivo
A Prefeitura de São Sebastião informou na manhã desta quinta-feira (15) que, devido à paralisação da Ecobus, a chegada …

5 horas atrás
Cidades, Mais Destaques

Ilhabela retoma controle de acesso neste final de semana na travessia de balsa

Foto: Divulgação
A Prefeitura de Ilhabela retoma neste final de semana o controle de acesso na entrada do município no sistema …

5 horas atrás
Cidades, Mais Destaques

São José dos Campos será certificada como Cidade Inteligente pela ABNT, diz prefeitura

Foto: Adenir Britto/PMSJC
A Prefeitura de São José dos Campos informou que será o primeiro município brasileiro a ser certificado pela …

5 horas atrás
Esporte

São José entra na reta final de preparação para estreia no Campeonato Brasileiro Feminino

Foto: Divulgação
O São José Esporte Clube entrou na reta final de preparação para a estreia no Campeonato Brasileiro de futebol …

1 dia atrás