fbpx
Categoria: Geral, São Paulo

Museu da Língua Portuguesa deve ser reaberto em 2020

Da Redação SPRIO+ Publicado em 7/05/2019, às 10:10 • Atualizado em 8/05/19, às 14:38




Elaine Patricia Cruz/Agência Brasil

Museu da Língua Portuguesa deve ser reaberto em 2020

O Museu da Língua Portuguesa deve ser reaberto no primeiro semestre do próximo ano, disse hoje (6) o secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, Sérgio Sá Leitão. O museu está fechado para reconstrução desde que foi atingido por um incêndio, em dezembro de 2015 . A data exata para a reabertura do museu será anunciada em outubro.

Sá Leitão esteve, na tarde desta segunda-feira, fazendo uma vistoria nas obras do museu, junto com representantes de empresas patrocinadoras das obras. “Pudemos constatar que as obras estão no ritmo certo, no cronograma e serão concluídas, tudo leva a crer, no prazo que é 31 de outubro deste ano. Uma vez as obras concluídas, temos um prazo estimado em torno de seis meses para a implantação do museu, com todo o revestimento, equipamentos e todo o material que será exposto. É um museu que tem muita interatividade e muito conteúdo audiovisual”, disse o secretário.

Os investimentos para as obras são estimados em R$ 80,9 milhões, sendo que um terço desse valor era referente ao seguro feito pelo museu e cerca de R$ 20 milhões captados por meio da Lei Rouanet. “Parte dos recursos investidos aqui tem incentivo da Lei Rouanet. Outra parte é investimento direto ou investimento via seguro. Mas é claro que a Lei Rouanet é um instrumento importantíssimo de apoio ao desenvolvimento das atividades culturais e criativas do Brasil. Somos defensores e entusiastas desse mecanismo”, disse Sá Leitão.

O secretário disse que, em breve, o governo estadual fará uma chamada pública para selecionar a organização social que fará a gestão do Museu da Língua Portuguesa. “Não é um museu que será gerido diretamente pelo governo do estado de São Paulo, mas por uma organização social. Esse é o modelo no qual acreditamos e consideramos que é o melhor modelo de gestão para os museus”, disse.

As obras

Até agora, foram concluídas as etapas de restauro das fachadas e esquadrias e de reconstrução da cobertura, faltando as obras de adaptação interna, que deve ser finalizada até outubro.

“Tem todo um tripé com que trabalhamos: arquitetura, museografia e conteúdo. Com relação à obra, fizemos todo um processo de restauro das fachadas e um novo telhado, pois a cobertura foi toda perdida no incêndio. Fizemos um desenho mais contemporâneo. Isso já foi concluído e estamos agora no andamento da parte interna da obra, que é um processo mais lento”, disse Lúcia Basto,  gerente-geral da área de Patrimônio e Cultura da Fundação Roberto Marinho. A fundação assinou um convênio com o governo do estado em janeiro de 2016 para reconstrução do museu.

Para o telhado, foi usada uma madeira proveniente da Amazônia. Segundo Lúcia, a opção pela madeira foi considerada a maneira mais segura para a obra. “A madeira é a mais segura, mais do que a estrutura metálica porque, quando há fogo, ele consome uma determinada espessura dessa madeira. Então, optamos por colocar ela [a madeira] um pouco mais dimensionada para que ela não rompa caso haja algum tipo de ataque de incêndio”, disse Lúcia.

Para prevenir futuros incêndios, disse Lúcia, foi montado um grupo de trabalho, com a participação do Corpo de Bombeiros. “Essa era a segunda vez que este prédio estava pegando fogo. Então definimos que nós íamos colocar, por exemplo, um splinkler [dispositivo que descarrega água em caso de incêndio], que não é uma exigência pela configuração da construção, mas nós pusemos. Tudo o que podíamos fazer a mais para fazer essa proteção, foi feito, para que possamos ficar tranquilos no futuro”, explicou Lúcia.

Incêndio Museu da Lingua Portuguesa em São Paulo

Foto: Bombeiros do Estado de São Paulo

Dia da Língua Portuguesa

Para marcar o Dia Internacional da Língua Portuguesa, celebrado ontem (5), o Museu da Língua Portuguesa preparou atividades especiais que estão sendo realizadas no saguão da Estação da Luz. As atividades ocorrem até amanhã (7).

Com o tema Museu, Escola e Território, quem passar no local poderá aproveitar uma programação que inclui apresentações musicais, poesia falada (slam), teatro, oficinas de texto e contação de histórias, entre outros. Na tarde de hoje, a Oficina Infinity Class recontou histórias conhecidas por meio do hip hop. Também houve uma oficina de criação de mapas e cartografia.

Olantina Miranda Oliveira, 68 anos, participou hoje da atividade com mapas. Ela disse ter ficado sabendo do evento e ter ido à Estação da Luz por “curiosidade”. “Está legal. Esses desenhos aqui são um barato. Passa o tempo na cabeça da gente”, disse, rindo. Olantina nunca visitou o Museu da Língua Portuguesa, mas disse que pretende visitar o lugar quando ele for reinaugurado.

Hélio Ferreira da Silva, 57 anos, parou no saguão da Estação da Luz para ver a contação da história do Brasil por meio do hip hop. “Parei para ver a história. Estou achando legal. Estou observando as crianças escutando [crianças de uma escola, que também estavam escutando a história]”.

Lei Rouanet

Sá Leitão disse que uma reunião entre secretários de Cultura do Rio de Janeiro e de São Paulo está sendo planejada com o ministro da Cidadania, Osmar Terra. Na reunião, a pauta deverá ser as mudanças na Lei Rouanet.

“Reconhecemos que o limite e algumas regras que foram incluídas [na antiga Lei Rouanet] nos parecem criar alguns problemas para determinadas áreas da cultura. Por isso, secretários de cultura dos municípios e dos governos estaduais do Rio de Janeiro e de São Paulo se uniram a entidades da sociedade civil, no sentido de elaborar um conjunto de propostas de melhorias e de aperfeiçoamento nessa instrução normativa. Já solicitamos ao ministro Osmar Terra uma audiência, que está sendo marcada”, disse.



A matéria continua após a publicidade
Publicidade

Publicidade
Últimas noticias
Destaque, Economia

Abono do PIS/Pasep começa a ser pago nesta quinta

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil
O pagamento do abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio …

3 horas atrás
Esporte

MP quer impedir repasses para as equipes profissionais de São José

Foto: Gustavo Torres/Assessoria São José Vôlei
O Ministério Público quer que a Prefeitura de São José dos Campos seja impedida de …

2 horas atrás
Economia

Falta de demanda aumenta a preocupação da indústria, aponta CNI

Foto: Arquivo/Agência Brasil
A falta de demanda interna voltou a ganhar importância entre os principais problemas enfrentados pela indústria ao longo …

14 horas atrás
Destaque, Economia

Governo bloqueia mais R$ 1,44 bilhão do Orçamento

Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil
A revisão para baixo do crescimento da economia brasileira em 2019 fez a equipe econômica …

15 horas atrás
Esporte

Brasil encerra o Mundial de Rugby em 7º lugar

Foto: Claudio Vieira/PMSJC
O estádio Martins Pereira, em São José dos Campos, recebeu neste domingo (21) os jogos finais do Campeonato …

15 horas atrás
Cidades, Esporte

Corrida de Aniversário de São José reuniu mais de 3.000 atletas

Foto: Claudio Vieira/PMSJC
São José dos Campos completa 252 anos no próximo sábado (27), mas as comemorações já começaram e não …

16 horas atrás
Esporte

Pela Segunda Divisão do Paulista, São José enfrenta Flamengo de Guarulhos no Martins Pereira

Foto: Fabiane Fotografia Esportiva
Em jogo válido pela terceira rodada do grupo 12, do Campeonato Paulista da segunda divisão, o São …

17 horas atrás
Cidades, Destaque

Justiça determina interdição de passarela na Dutra em Aparecida

OVale

Foto: Google Maps
A Justiça determinou a interdição de uma passarela devido ao grande risco de desabamento na Rodovia Presidente Dutra, …

18 horas atrás
Esporte

Dois dias após vitória de Gabriel Medina, Sophia Medina vence etapa de surfe em Ubatuba

OVale

Foto: Munir El Hage/Divulgação
Dois dias depois da histórica vitória de Gabriel Medina no Mundial em J-Bay, na África do Sul, …

19 horas atrás
Cidades

Marinha emite alerta de fortes ventos no litoral

OVale

Foto: Divulgação
A Marinha do Brasil, por meio do Centro de Hidrografia da Marinha (CHM), fez alertas para fortes ventos quentes de …

19 horas atrás