Categoria: Geral

Fake news geram mais engajamento no Facebook que mídia tradicional

Da Redação SPRIO+ Publicado em 27/05/2019, às 10:15 • Atualizado em 27/05/19, às 10:10




Jonas Valente/Agência Brasil

Fake news geram mais engajamento no Facebook que mídia tradicional

Foto: Reprodução

Informações falsas e com conteúdo extremo geram maior engajamento no Facebook do que notícias da mídia tradicional. A conclusão foi de um estudo do Instituto de Internet da Universidade de Oxford, um dos mais renomados do mundo. A investigação analisou a circulação de conteúdos em redes sociais relacionados às eleições do Parlamento Europeu, que tiveram início na quinta-feira (23) e ocorrem até este domingo (26).

A pesquisa avalia o que chama de junk news, que classifica como conteúdos “ideologicamente extremos, enganosas e informações com fatos incorretos”. A disseminação desse tipo de mensagem vem ocorrendo em larga escala em processos políticos na região e preocupado autoridades dentro da União Europeia.

“As junk news em nossa base tenderam a envolver temas populistas como anti-imigração, fobia contra grupos islâmicos, com poucos mencionando líderes ou partidos europeus”, afirmaram os autores. Os pesquisadores também verificaram o compartilhamento de mensagens de fontes russas, dialogando com a preocupação de interferência externa no pleito.

Sites populares de junk news na maioria dos idiomas obtiveram um engajamento de 1,2 a 4 vezes maior do que as notícias de meios jornalísticos tradicionais. Engajamento é o termo usado para interações com as publicações, como curtidas, compartilhamentos e comentários realizados.

Os idiomas com maior índice de engajamento envolvendo as junk news foram inglês (3,2 mil por publicação), alemão (1,9 mil), sueco (1,76 mil) e francês (1,7 mil). Nas páginas de Facebook de sites em italiano e polonês a situação se inverte, com os veículos jornalísticos obtendo maior engajamento do que as fontes de junk news.

Twitter

Já no Twitter, a presença de conteúdos enganosos foi menor. Menos de 4% das fontes, entre as mensagens analisadas, tinham como foco a difusão de junk news ou de sites russos. A exceção foi a Polônia, onde esse tipo de publicação representou 21% dos conteúdos analisados. Os veículos tradicionais de mídia tiveram desempenho melhor, com 34% das informações compartilhadas.

Metodologia

Os autores analisaram publicações em sete idiomas que circularam em redes sociais em países da região. Foram analisados mais de 580 mil mensagens no caso do Twitter e as principais fontes de junk news e de notícias de veículos profissionais no Facebook.



A matéria continua após a publicidade
Publicidade

Publicidade
Últimas noticias
Economia

Aumento da procura leva a desabastecimento de gás

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil
O presidente do Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás), Sérgio Bandeira …

7 horas atrás
Cidades, Economia

ACI e Caixa firmam parceria para auxiliar empresários contra efeitos do coronavírus

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
A ACI (Associação Comercial e Industrial) de São José dos Campos firmou parceria com a Caixa Econômica …

8 horas atrás
Cidades, Destaque, Saúde

Doria prorroga quarentena até o dia 22 de abril

Foto: Sergio Andrade/Governo de São Paulo
O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta segunda-feira (6) a prorrogação por …

9 horas atrás
Economia

CNC estima queda histórica de vendas na Páscoa


Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
As vendas da Páscoa em 2020 devem registrar queda histórica de 31,6% em relação a 2019. Se …

9 horas atrás
Economia

Auxílio de R$ 600 será disponibilizado terça-feira para clientes da Caixa, diz Onyx

Foto: Marcos Corrêa/PR
O ministro da Cidadania, Onyz Lorenzoni afirmou nesta segunda-feira (6) que o governo federal deve disponibilizar na terça-feira …

9 horas atrás
Economia

Mercado financeiro prevê queda de 1,18% da economia este ano

Foto: Marcello Casal Jr/Agéncia Brasil
O mercado financeiro estima queda ainda maior da economia este ano, por influência da pandemia do …

10 horas atrás
Cidades, Economia, Política

São Sebastião flexibiliza medidas de contenção e libera volta ao trabalho de ambulantes

Foto: Divulgação/ PMSS
A Prefeitura de São Sebastião anunciou, na última sexta-feira (3), novas medidas para à manutenção da economia do …

10 horas atrás
Esporte

COI e Fifa alteram limite de idade no futebol olímpico

Foto: Lucas Figueiredo/CBF
O COI (Comitê Olímpico Internacional) e a Fifa (Federação Internacional de Futebol) decidiram, em comum acordo, alterar de 23 …

10 horas atrás
Cidades, Polícia

Fiscalização de São José realiza quase mil vistorias de irregularidades durante a quarentena

Foto: Claudio Vieira/ PMSJC
A Prefeitura de São José dos Campos apresentou, nesta segunda-feira (6), o saldo da fiscalização e controle …

11 horas atrás
Cidades, Economia

São Sebastião libera trabalho de ambulantes durante pandemia do coronavírus

Foto: Divulgação
A Prefeitura de São Sebastião anunciou a flexibilização do comércio durante a pandemia do novo coronavírus. Entre as medidas, …

12 horas atrás