fbpx
Categoria: Destaque, Política

STF deve julgar dia 25 suspeição de Moro pedida pela defesa de Lula

Da Redação SPRIO+ Publicado em 11/06/2019, às 14:51 • Atualizado em 11/06/19, às 14:52




Filipe Pontes/Agencia Brasil

Foto: Arquivo/Agência Brasil

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), informou hoje (11) que a Segunda Turma da Corte deve julgar no dia 25 deste mês um habeas corpus (HC) em que a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pede que seja declarada a suspeição do então juiz Sergio Moro no julgamento do caso do triplex no Guarujá (SP).

O argumento central da defesa é o fato de Moro ter aceitado, em novembro, o convite para o cargo de ministro da Justiça e Segurança Pública do governo Jair Bolsonaro.

O HC foi impetrado no ano passado, e não traz em seus argumentos o que teria sido uma troca de mensagens entre o então juiz e o procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato, no Paraná, divulgada no domingo (9) pelo site The Intercept Brasil.

O processo começou a ser julgado na Segunda Turma em dezembro de 2018, quando o relator ministro Edson Fachin e a ministra Cármen Lúcia votaram contra o pedido de suspeição. O julgamento foi suspenso por um pedido de vista do ministro Gilmar Mendes, que agora devolveu o HC para ser pautado. Compõem o colegiado ainda os ministros Ricardo Lewandowski e Celso de Mello.

Gilmar Mendes evitou comentar as mensagens divulgadas pelo site The Intercept, alegando ser melhor “aguardar os desdobramentos para a gente ter uma ideia segura do que dizer”. O ministro não descartou, porém, a hipótese de que os diálogos possam ser eventualmente utilizados em juízo, mesmo que tenham sido obtidos de modo ilegal pelo site.

“Se amanhã alguém tiver sido alvo de uma condenação por assassinato e aí se descobrir por uma prova ilegal que ele não é o autor do crime, se diz que, em geral, essa prova é válida”, argumentou Gilmar Mendes.

Nesta terça-feira (11), consta da pauta da tarde da Segunda Turma um outro HC, também impetrado pela defesa de Lula, mas contra uma decisão do relator da Lava Jato no Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Felix Ficher, que havia negado um recurso contra a condenação. Esse processo pode ser julgado hoje (11) pelos ministros.

Argumentos

O pedido de suspeição de Sergio Moro no HC que deve ser julgado no dia 25 foi reforçado em novembro após o então juiz ter aceitado o cargo de ministro da Justiça e Segurança Pública, a convite do presidente eleito Jair Bolsonaro.

No HC, a defesa de Lula retoma diversos argumentos que já havia utilizado para alegar a suspeição de Moro, todos reforçados após o ex-magistrado ter aceitado o cargo de ministro da Justiça.

Os advogados de Lula querem que seja reconhecida a suspeição de Moro para julgar processos contra o ex-presidente e que sejam considerados nulos todos os atos processuais que resultaram na condenação no caso do triplex do Guarujá (SP).

O pedido ainda requer que sejam suspensas outras ações penais contra Lula que estavam sob a responsabilidade de Moro, como as que tratam de suposto favorecimento por meio da reforma de um sítio em Atibaia (SP) e de supostas propinas da empresa Odebrecht.

Lula está preso desde 7 de abril na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, após ter sua condenação confirmada pelo Tribunal Regional Federal 4ª Região (TRF4), que impôs pena de 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Sergio Moro nega qualquer irregularidade em sua conduta e diz que a decisão de participar do futuro governo ocorreu depois de medidas tomadas por ele contra o ex-presidente Lula.



A matéria continua após a publicidade
Publicidade

Publicidade
Últimas noticias
Cidades

Blitz prende homem e recolhe 21 CNHs em segundo dia de festival de música em São José

Foto: PMSJC
Um homem foi preso e 21 CNHs (Carteira Nacional de Habilitação) foram recolhidas em uma Blitz da Lei Seca …

56 minutos atrás
Destaque, Economia

Taxa básica de juros será definida nesta semana

Foto: Marcello Casal Jr
A taxa básica de juros – a Selic – será definida na sexta reunião deste ano do …

34 minutos atrás
Economia

Caixa registra 12 milhões de transações após liberação do FGTS

Foto: Arquivo
A Caixa Econômica Federal registrou 12 milhões de transações no primeiro sábado com agências bancárias abertas para o pagamento …

30 minutos atrás
Cidades

Mulher morre após colisão na Carvalho Pinto

Foto: Charles de Moura/PMSJC
Uma mulher morreu após um acidente envolvendo dois carros na madrugada deste domingo (15) na Rodovia Carvalho …

22 minutos atrás
Esporte

São José Basketball vence Osasco e está classificado para as quartas de final do paulista

Foto: Arthur Marega Filho
A fim de garantir a vaga para às quartas de final do Campeonato Paulista, o São José …

14 horas atrás
Cidades

Homem morre após ser atingido por tora de madeira em São José

Foto: Divulgação/Bombeiros
Um homem morreu após ser atingido por uma tora de madeira na tarde deste sábado (14) no bairro Recanto …

17 horas atrás
Cidades, Política

Caçapava está no Top10 do ranking estadual de obras paradas

Foto: Divulgação/PMC
Caçapava está na lista das cidades com as 10 obras mais caras e que se encontram no estado de …

23 horas atrás
Destaque, Economia

Vendas aumentam 12% em quatro dias na Semana do Brasil

Foto: Valter Campanato
Em quatro dias, as vendas no varejo em todo o país registram crescimento nominal de 12%, de acordo …

24 horas atrás
Cidades, Economia

Cerca de 160 mil trabalhadores da RMVale devem sacar o FGTS

Foto: Arquivo/Agência Brasil
No Vale do Paraíba, 161.687 trabalhadores devem realizar o saque do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de …

24 horas atrás
Cidades, Destaque

RMVale terá conselhos consultivos para agilizar projetos das cidades

Foto: Divulgação
A Região Metropolitana do Vale do Paraíba terá conselhos consultivos para cada uma das cinco sub-regiões que incluem todas …

24 horas atrás