fbpx
Categoria: Cidades

Manifestantes voltam às ruas para protestar contra a reforma da Previdência

Da Redação SPRIO+ Publicado em 14/06/2019, às 15:15 • Atualizado em 14/06/19, às 15:10




Daniel Melo/Agência Brasil

Manifestantes voltam às ruas para protestar contra a reforma da Previdência

Foto: Jefferson Ricardo/Futura Press/Folha Press

Diversas cidades brasileiras registram hoje (14) manifestações por mais recursos para a educação e contra as mudanças nas regras de aposentadoria. Convocada por centrais sindicais e outras entidades representativas de trabalhadores, a paralisação afeta, principalmente, o sistema de transporte público das cidades. De acordo com as centrais sindicais, estão previstos atos em mais de 300 cidades do país de 26 estados.

VEJA TAMBÉM: Greve Geral paralisa transporte público e fábricas na RMVale

VEJA TAMBÉM: Manifestantes bloqueiam Floriano Rodrigues durante greve

São Paulo

O Metrô de São Paulo ficou parcialmente paralisado devido a adesão dos trabalhadores à greve contra a reforma da Previdência. A Linha 1 – Azul, funcionava na manhã de hoje (14) entre as estações Luz e Saúde, deixando a zona norte da cidade descoberta pelo serviço. A Linha 3 – Vermelha operava entre as estações Marechal Deodoro e Tatuapé, deixando sem o transporte parte da zona leste e impedindo a interligação dos ônibus e trens metropolitanos na Estação Barra Funda. A Linha 2 – Verde manteve a maior cobertura, circulando entre as Clínicas e o Alto do Ipiranga. O Monotrilho, Linha 15 Prata, foi completamente paralisado.

O Metrô afirmou, por nota, que caso o serviço não seja mantido com um mínimo de 80% de operação nos horários de pico, conforme estipulado em liminar judicial, os empregados poderão sofrer sanções. “Os trabalhadores serão penalizados caso a decisão não seja respeitada. O movimento político, contra a reforma da previdência, prejudica milhões de pessoas em São Paulo”, enfatizou o comunicado.

Parte do serviço de ônibus intermunicipais que atende a região metropolitana da capital também parou. De acordo com a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU), a greve afetou as linhas que atendem os municípios de Guarulhos, Arujá e Itaquaquecetuba, com a interrupção das atividades em sete empresas da região.

Os ônibus e a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) funcionaram normalmente. Na quarta-feira (12), a Prefeitura de São Paulo havia obtido uma liminar na Justiça para impedir a adesão dos cobradores e motoristas à greve. As linhas Lilás e Amarela do Metrô, que são operadas por empresas privadas, também funcionaram normalmente.

A cidade também enfrentou manifestações em diversos pontos. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), os protestos interferiram na circulação das avenidas João Dias, na zona sul, na Francisco Matarazzo, na zona oeste, Dona Belmira Marin (zona sul), Santos Dummond (zona norte), Vinte e Três de Maio (centro) e no Elevado Costa e Silva, também no centro. Em alguns desses pontos foram feitas barricadas com pneus em chamas para impedir a passagem dos veículos.

Parte dos trabalhadores do sistema bancário também aderiu à paralisação. Com isso, agências em diversas partes da cidade amanheceram fechadas. O Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, afirma que a greve também atingiu centros administrativos do Banco do Brasil, Santander, Bradesco, Caixa Econômica e Itaú.

Rio de Janeiro

Duas rodovias foram ocupadas por manifestantes na capital fluminense. O principal protesto foi realizado pela manhã, na BR-101, na altura do município de Campos. A rodovia ficou totalmente fechada por quase três horas:  das 5h às 7h46. A BR-040, que liga a capital à região serrana) ficou parcialmente fechada, na altura do km 113, próximo à Refinaria Duque de Caxias (Reduc), em Duque de Caxias.

Na capital, manifestantes fecharam parcialmente a Avenida Brasil, na altura do Caju, próximo ao centro. A polícia usou bombas de efeito moral para dispersar a multidão. O trânsito foi liberado pouco antes das 8h, causando engarrafamento com reflexos na zona norte e em Niterói. O trajeto pela ponte Rio-Niterói, que normalmente é feito em 20 minutos, chegou a mais de uma hora, no sentido Rio de Janeiro. Foram registrados protestos também em Niterói.

Metrô, trens da Supervia e ônibus funcionam normalmente até o momento.

Bolsonaro comenta greve

Durante um café da manhã com jornalistas hoje, o presidente Jair Bolsonaro foi perguntado sobre a greve. O presidente disse ver o movimento como algo natural. “[Vejo] com muita naturalidade. Quando resolvi me candidatar, sabia que ia passar por isso”, disse.

Sobre reforma da Previdência, alvo das paralisações de hoje, Bolsonaro voltou a defender a importância das mudanças nas regras da aposentadoria, sem as quais os empresários não terão “segurança para investir”.



A matéria continua após a publicidade
Publicidade

Publicidade
Últimas noticias
Cidades, Política

Governo Izaias propõe criação de 129 cargos em Jacareí

Foto: Thaís Leite/ OVale
O governo Izaias Santana (PSDB) propôs a criação de 129 cargos efetivos na administração pública de Jacareí. …

3 horas atrás
Cidades, Política

Primeira-dama de São Sebastião deixa cargo de presidente do Fundo Social

Primeira-dama de São Sebastião, Michelli Veneziani
Foto: André Santos/ PMSS
A primeira-dama de São Sebastião, Michelli Veneziani, anunciou na tarde desta terça-feira …

2 horas atrás
Cidades

RMVale TI movimenta mercado de investimentos em São José dos Campos

Fonte: Divulgação/Prefeitura
O Parque Tecnológico de São José dos Campos promove há seis anos a RMVale TI, que acontece até quinta-feira …

60 minutos atrás
Cidades

São José tem feira de adoção de cães e gatos no sábado

Foto: Lucas Cabral/PMSJC
A prefeitura de São José dos Campos realiza no próximo sábado (26), das 8h30 às 13h30, mais uma feira …

3 minutos atrás
Cidades, Economia

ACI lança campanha contra poluição sonora no calçadão

Foto: Divulgação/ ACI São José dos Campos
A ACI (Associação Comercial e Industrial) de São José dos Campos lançou campanha contra …

2 horas atrás
Cidades, Polícia

Trator cai de caminhão após acidente na Dutra em Pindamonhangaba

Foto: Divulgação/ PRF
Um trator caiu na pista de Rodovia Presidente Dutra (BR-116) no trecho de Pindamonhangaba, nesta quarta-feira (23), após …

2 horas atrás
Economia

Receita notifica 7.442 contribuintes do Vale para regularizar IR 2019

Foto: Arquivo
A Receita Federal vai notificar 7.442 contribuintes do Vale do Paraíba com inconsistências na Declaração do Imposto de Renda …

2 horas atrás
Cidades

Por aumento salarial, trabalhadores atrasam produção na Gerdau de Pinda

Foto: Divulgação
Trabalhadores da Gerdau de Pindamonhangaba fizeram uma paralisação relâmpago nesta quarta-feira, pela campanha salarial. Eles atrasaram a entrada no …

2 horas atrás
Cidades

Idosa completa 100 anos e ganha festa de seu asilo em Taubaté

Foto: OVALE
Este dia 23 de outubro será um dia muito especial para a dona Áurea Maria de Lima, que completará …

3 horas atrás
Cidades, Destaque

Três rodovias que cortam a RMVale estão entre as 10 melhores do país

Foto: Divulgação
Duas rodovias estaduais e a Via Dutra, que cortam o Vale do Paraíba, estão entre as 10 melhores do …

4 horas atrás