Categoria: Geral

Desmatamento sobe 8,5% na Amazônia, aponta Inpe

Da Redação SPRIO+ Publicado em 4/07/2019, às 14:08 • Atualizado em 4/07/19, às 14:06




OVale

Desmatamento sobe 8,5% na Amazônia, aponta Inpe

Foto: Divulgação

O Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) apontou desmatamento de 7.536 quilômetros quadrados na Amazônia em um ano, de acordo com dados do Prodes (Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal por Satélite).

O total de floresta cortada foi detectado durante o período de agosto de 2017 a julho de 2018. O resultado indica um acréscimo de 8,5% em relação ao período anterior, ano em que foram apurados 6.947 km² de desmatamento.

Os dados vêm a público logo após o G20, o grupo dos 20 países mais ricos do mundo, pressionarem o Brasil a não reduzir o combate ao desmatamento da Amazônia.

O assunto foi até mesmo pauta de imposição para fechar acordo comercial entre países europeus e o Mercosul.

HISTÓRIA

A boa notícia é que a área desmatada em 2018 representa redução de 73% em relação aos cortes registrados em 2004, quando o governo federal lançou o Plano para Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia, atualmente coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente.

Segundo o Inpe, o mapeamento utiliza imagens do satélite Landsat, Cbers (em parceria com a China)e ResourceSat para cartografar e quantificar as áreas desmatadas maiores que 6,25 hectares.

O Prodes considera como desmatamento por corte raso a remoção completa da cobertura florestal primária, independentemente da futura utilização destas áreas.

A taxa consolidada para 2018 foi obtida após o mapeamento de 215 cenas do satélite americano Landsat 8/OLI.

ESTADOS

O Pará foi o estado com a maior área desmatada no ano passado, alcançando 2.744 km², 36,4% do total apurado pelo Prodes. Mato Grosso vem em seguida, com 1.490 km², e depois Rondônia, com 1.316 km².

O estado do Amazonas tem 1.045 km².

Dos nove estados da Amazônia Legal, área coberta pela análise do Inpe, cinco aumentaram o desmatamento em 2018 na comparação com o ano anterior, destaque negativo para o Acre, com 73% de alta.

Dos maiores desmatadores, o Pará registrou crescimento de 13% (2.433 para 2.744 km²) e Rondônia 6% (1.243 para 1.316 km²). Já o Mato Grosso recuou 5% (1.561 para 1.490 km²)

Segundo o Inpe, o mapeamento sistemático da Amazônia Legal é feito desde 1988. A série histórica é usada pelo governo brasileiro para avaliação e estabelecimento de políticas públicas relativas ao controle do desmatamento.

OPERAÇÃO

Em junho, o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) iniciou megaoperação de combate ao desmatamento ilegal na Amazônia, com ações de combate em sete estados e mobilizando 165 agentes ambientais federais, 125 policiais militares e civis, 85 carros e quatro helicópteros.

Segundo o órgão, o objetivo foi “esquadrinhar as regiões com maior concentração de ilícitos para conter a expansão dos danos ambientais”.

Instituto faz análise do desmatamento da floresta desde 1988 com satélites

Por meio do Prodes (Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal por Satélite), o Inpe faz o mapeamento sistemático da Amazônia Legal e produz, desde 1988, as taxas anuais de desmatamento na região. A série histórica é usada pelo governo brasileiro para avaliação e estabelecimento de políticas públicas.



A matéria continua após a publicidade
Publicidade

Publicidade
Últimas noticias
Cidades

CAF: Jacareí inicia obra de ligação da Av. Davi Lino com o Parque Meia Lua

Obra de ligação da Davi Lino com o Parque Meia Lua teve início em Jacareí. Foto: Divulgação/PMJ
A Prefeitura de Jacareí …

2 horas atrás
Cidades, Destaque, Saúde

Com isolamento em baixa e casos em alta, Vale do Paraíba entra em semana decisiva

Foto: Adenir Britto/CMSJC

O Vale do Paraíba entra na semana decisiva ao enfrentamento do novo coronavírus com os principais indicadores em …

30 minutos atrás
Economia

Caixa segue com pagamento de segunda parcela do auxílio emergencial

Foto: Agência Brasil
A Caixa Econômica Federal continua hoje (25) a pagar a segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600 …

4 horas atrás
Cidades, Saúde

Campos do Jordão nega abertura do comércio em 1º de junho e fala em ‘fake news’

Foto: Divulgação
A prefeitura de Campos do Jordão negou informação divulgada nas redes sociais de que o prefeito Fred Guidoni teria …

4 horas atrás
Destaque, Economia

Mercado financeiro prevê queda de 5,89% na economia este ano

Foto: Freepik
A previsão do mercado financeiro para a queda da economia brasileira este ano chegou a 5,89%. Essa foi a …

4 horas atrás
Cidades, Política

Caçapava libera missas e cultos na pandemia

Paróquia Nossa Senhora da Boa Esperança, em Caçapava. Foto: Divulgação/Diocese de Taubaté
A Prefeitura de Caçapava publicou um decreto nesta sexta-feira …

1 dia atrás
Cidades, Coronavírus no Vale, Destaque

Homem de 96 anos é a 31ª morte por coronavírus em São José

Coronavírus em São José. Foto: Flavio Pereira/ CMSJC
A Prefeitura de São José dos Campos confirmou neste sábado (23) a 31ª …

1 dia atrás
Cidades

São José cancela compras de máscaras e álcool gel

Foto: Divulgação/ Agência Brasil
Após falhas, a Prefeitura de São José dos Campos cancelou cinco compras que haviam sido feitas com …

1 dia atrás
Cidades, Coronavírus no Vale

São José ultrapassa 600 registros de coronavírus; Jd. Aquarius lidera casos

Coronavírus em São José. Foto: OVale/ Sergio Nascimento
A Prefeitura de São José dos Campos ultrapassou os 600 casos de coronavírus …

2 dias atrás
Cidades, Coronavírus no Vale

Jacareí registra mais 12 casos e chega a 135 registros de coronavírus; veja bairros

Teste de Covid-19. Foto: Agência Brasil
A Prefeitura de Jacareí confirmou nesta sexta-feira (22) mais 12 casos e chegou a 135 …

3 dias atrás