fbpx
Categoria: Economia

Guedes elogia ideia para reincluir estados na reforma da Previdência

Da Redação SPRIO+ Publicado em 18/07/2019, às 11:57 • Atualizado em 18/07/19, às 13:28




Wellton Máximo/Agência Brasil

Guedes elogia ideia para reincluir estados na reforma da Previdência

Foto: Alan Santos/PR

A reinclusão dos estados e dos municípios na reforma da Previdência pelo Senado ajudaria o país, disse nesta quarta-feira (17) o ministro da Economia, Paulo Guedes. Em entrevista a jornalistas em Santa Fé, Argentina, onde ocorre a reunião de cúpula do Mercosul, ele elogiou a ideia de reinserir as prefeituras e os governos estaduais na reforma por meio de uma proposta de emenda à Constituição (PEC) paralela.

Reafirmando que a inclusão dos servidores públicos estaduais e municipais resultaria numa economia adicional de R$ 350 bilhões, Guedes não quis comentar mais detalhes sobre o texto aprovado em primeiro turno pela Câmara dos Deputados na última sexta-feira (12). Ele, no entanto, se disse confiante nos esforços do Congresso, tanto para aprovar a reforma da Previdência como para reincluir os governos locais.

“Vamos esperar o trabalho do Congresso porque eu confio no Congresso. Ainda tem segundo turno [na Câmara], tem Senado. Está se falando que Senado vai incluir estados e municípios. São mais R$ 350 bilhões. Isso é importante para o Brasil, ajuda bastante. Então tem muita coisa para acontecer”, declarou o ministro, na primeira manifestação pública após a votação na Câmara.

O ministro esclareceu que a economia total para o governo federal nos próximos dez anos, estimada em R$ 900 bilhões, ficou inferior à estimativa inicial de R$ 1 trilhão pedida pela equipe econômica. No entanto, disse ficar contente se os estados e os municípios voltarem para a reforma. “Nós estamos falando do Brasil, não é só da União. Se voltam R$ 350 bilhões via Senado, isso é bom para o Brasil, porque Estados e municípios também participam desse ajuste que o sistema previdenciário precisa”, acrescentou.

Capitalização

O ministro não quis comentar a intenção do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de encaminhar uma nova PEC ao longo do segundo semestre para reinserir a capitalização, sistema em que cada trabalhador tem uma conta individual de Previdência. Ele, no entanto, defendeu a proposta, dizendo que ela ajudará o país a retomar o crescimento.

“Essas reformas são importantes. Em relação à Previdência, o que temos dito é que o sistema de repartição [em que os trabalhadores na ativa financiam as atuais aposentadorias] está condenado. Então, gostaríamos de mudar o eixo para um sistema de capitalização, que bota o Brasil pra crescer. O Brasil pode crescer 4%, 5% ao ano se tiver um mecanismo automático de acumulação de recursos”, declarou.

Mercosul

Sobre o Mercosul, Guedes disse que, paralelamente à reforma da Previdência, o governo trabalhou para concluir o acordo entre o Mercosul e a União Europeia e agora busca dar continuidade a abertura comercial gradativa da economia brasileira. “O mundo inteiro cresceu muito mais que a economia brasileira nos últimos 30 anos porque eram economias que estavam integradas. Todo mundo crescendo junto. E o Brasil ficou para trás. Queremos sair do modelo de substituição de importações para um modelo de integração competitiva com as economias globais. Em serviços, em investimentos, em comércio”, comentou.

Sobre uma eventual moeda única entre o Brasil e a Argentina, levantada pelo presidente Jair Bolsonaro em visita ao país vizinho no mês passado, Guedes disse que a ideia é discutida “num horizonte distante” e não tem previsão de entrar em vigor tão cedo e pode até nunca avançar, dependendo do resultado das eleições presidenciais argentinas, no fim de outubro.

“Como a Argentina está com inflação alta, poderia ser mais oportuno [para os argentinos] tentar acelerar a convergência para uma moeda comum. Mas, do ponto de vista objetivo, não teve nada. Foi uma conversa. Estávamos falando de um horizonte mais distante onde desembocaríamos depois de uma integração econômica. Evidente que se isso fosse acelerado poderia ajudar na situação argentina, mas não é algo simples. Teria que ser muito estudado. Se muda o ciclo político, pode ser até impossível”, concluiu o ministro.



A matéria continua após a publicidade
Publicidade

Publicidade
Últimas noticias
Cidades

Caravanas de Natal passam pela zona leste de São José nesta segunda

Foto: PMSJC
As Caravanas de Natal do projeto “Natal Iluminado” vão passar pela zona leste de São José dos Campos nesta …

2 horas atrás
Economia

Vendas sobem 9,9% na semana da Black Friday, aponta Serasa

Foto: Rogério Marques/OVale
As vendas do comércio de rua e shopping centers cresceram 9,9% entre os dias 29 de novembro a …

3 horas atrás
Cidades

Pescador de 65 anos é resgatado após passar três horas no mar em Ilhabela

Foto: Reprodução/Bombeiros

Um pescador de 65 anos foi resgatado por bombeiros na noite deste domingo (9) após ser levado por uma …

3 horas atrás
Cidades

Preço da cesta básica sobe 8,7% no Litoral Norte

O preço da cesta básica alimentar no Litoral Norte subiu 8,70% em novembro na comparação com outubro, segundo pesquisa do …

3 horas atrás
Economia

Receita abre consulta ao 7º lote de restituição do Imposto de Renda

Fonte: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
O sétimo lote de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física (IRPF) 2019 estará disponível …

4 horas atrás
Esporte

Por doping, Rússia é banida dos Jogos de Tóquio-2020

Foto: Divulgação
A longa novela envolvendo os casos de doping e manipulação de dados laboratórias no esporte russo teve um assertivo …

4 horas atrás
Cidades

Ortiz vai ao TJ contra emendas em lei do Conselho de Transportes

Foto: Rogério Marques/Arquivo OVale
O governo Ortiz Junior (PSDB) ajuizou uma Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) no Tribunal de Justiça para …

4 horas atrás
Esporte

TJ julga dia 17 recursos sobre repasses do Fadenp a equipes de São José

Foto: Divulgação/São José Vôlei
O Tribunal de Justiça agendou para o próximo dia 17 o julgamento do mérito dos recursos movidos …

4 horas atrás
Cidades, Destaque

São José dos Campos prevê 12 VLPs a R$ 35 milhões e projeta funcionamento em 2021

Foto: Divulgação
Lançada no último sábado (7) pela Prefeitura de São José dos Campos o edital de licitação para compra de …

5 horas atrás
Economia

Bolsonaro pede revogação de medida que excluiu atividades de MEI

Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil
O presidente Jair Bolsonaro informou neste sábado (7), em mensagem no Twitter, que determinou o envio ao …

1 dia atrás