fbpx
Categoria: Destaque, Economia

Governo bloqueia mais R$ 1,44 bilhão do Orçamento

Pasta usou R$ 809 mi de reserva de emergência

Wellton Máximo/ Agência Brasil Publicado em 22/07/2019, às 16:10 • Atualizado em 22/07/19, às 16:10




Governo bloqueia mais R$ 1,44 bilhão do Orçamento

Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil

A revisão para baixo do crescimento da economia brasileira em 2019 fez a equipe econômica anunciar um novo bloqueio no Orçamento. Segundo o Relatório Bimestral de Avaliação de Receitas e Despesas, divulgado hoje (22) pelo Ministério da Economia, o governo decidiu contingenciar mais R$ 1,443 bilhão de verbas do Poder Executivo.

Agora, o valor contingenciado do Orçamento de 2019 soma R$ 31,224 bilhões. Originalmente, o governo teria de contingenciar R$ 2,252 bilhões, mas a equipe econômica usou R$ 809 milhões de uma reserva de emergência criada em março, reduzindo o valor do bloqueio adicional para R$ 1,443 bilhão.

A distribuição do contingenciamento pelas pastas só será anunciada na próxima semana, quando o governo editará um decreto detalhando o bloqueio. Os poderes Legislativo e Judiciário, o Ministério Público da União e a Defensoria Pública da União terão um contingenciamento adicional de R$ 16 milhões.

Enviado a cada dois meses ao Congresso Nacional, o Relatório Bimestral de Receitas e Despesas orienta a execução do Orçamento Geral da União com base na revisão dos parâmetros econômicos e das receitas da União. Caso as receitas caiam, o governo tem de fazer novos bloqueios para cumprir a meta de déficit primário – resultado negativo nas contas do governo sem os juros da dívida pública – de R$ 139 bilhões para este ano.

Retração

Há dez dias, o governo reduziu de 1,6% para 0,8% a projeção de crescimento para o Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas no país). A diminuição do crescimento impacta a arrecadação porque a desaceleração econômica reduz o pagamento de impostos em relação ao originalmente planejado.

Em março, o governo tinha criado uma reserva de emergência de R$ 5,37 bilhões para evitar novos contingenciamentos. No fim de maio, o governo usou parte dessas reservas para evitar um contingenciamento e liberar recursos para os ministérios da Educação e do Meio Ambiente. Agora, o governo queimou mais R$ 809 milhões da reserva, zerando o colchão de emergência.

Receitas

A equipe econômica revisou as receitas para baixo em R$ 5,296 bilhões. As principais diminuições vieram da diminuição da arrecadação do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins), com recuo de R$ 6,8 bilhões, devido ao baixo crescimento da economia e ao aumento no pedido de compensações tributárias por empresas. O menor lucro das empresas reduziu a projeção de arrecadação do Imposto de Renda em R$ 1,9 bilhão.

Outras receitas, como a arrecadação líquida da Previdência Social, subiu em R$ 1,477 bilhão. A receita de royalties de recursos naturais foi elevada em R$ 1,1 bilhão – R$ 485,2 milhões de royalties de minérios e R$ 641 milhões para royalties de petróleo.

O contingenciamento poderia ter sido maior se o governo não tivesse revisado para baixo as despesas obrigatórias em R$ 3,47 bilhões. As principais diminuições vieram dos créditos extraordinários para o subsídio ao óleo diesel (-R$ 1,9 bilhão) e no pagamento de sentenças judiciais e precatórios (-R$ 1,5 bilhão).



A matéria continua após a publicidade
Publicidade

Publicidade
Últimas noticias
Cidades

Caravanas de Natal passam pela zona leste de São José nesta segunda

Foto: PMSJC
As Caravanas de Natal do projeto “Natal Iluminado” vão passar pela zona leste de São José dos Campos nesta …

2 horas atrás
Economia

Vendas sobem 9,9% na semana da Black Friday, aponta Serasa

Foto: Rogério Marques/OVale
As vendas do comércio de rua e shopping centers cresceram 9,9% entre os dias 29 de novembro a …

2 horas atrás
Cidades

Pescador de 65 anos é resgatado após passar três horas no mar em Ilhabela

Foto: Reprodução/Bombeiros

Um pescador de 65 anos foi resgatado por bombeiros na noite deste domingo (9) após ser levado por uma …

3 horas atrás
Cidades

Preço da cesta básica sobe 8,7% no Litoral Norte

O preço da cesta básica alimentar no Litoral Norte subiu 8,70% em novembro na comparação com outubro, segundo pesquisa do …

3 horas atrás
Economia

Receita abre consulta ao 7º lote de restituição do Imposto de Renda

Fonte: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
O sétimo lote de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física (IRPF) 2019 estará disponível …

4 horas atrás
Esporte

Por doping, Rússia é banida dos Jogos de Tóquio-2020

Foto: Divulgação
A longa novela envolvendo os casos de doping e manipulação de dados laboratórias no esporte russo teve um assertivo …

4 horas atrás
Cidades

Ortiz vai ao TJ contra emendas em lei do Conselho de Transportes

Foto: Rogério Marques/Arquivo OVale
O governo Ortiz Junior (PSDB) ajuizou uma Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) no Tribunal de Justiça para …

4 horas atrás
Esporte

TJ julga dia 17 recursos sobre repasses do Fadenp a equipes de São José

Foto: Divulgação/São José Vôlei
O Tribunal de Justiça agendou para o próximo dia 17 o julgamento do mérito dos recursos movidos …

4 horas atrás
Cidades, Destaque

São José dos Campos prevê 12 VLPs a R$ 35 milhões e projeta funcionamento em 2021

Foto: Divulgação
Lançada no último sábado (7) pela Prefeitura de São José dos Campos o edital de licitação para compra de …

5 horas atrás
Economia

Bolsonaro pede revogação de medida que excluiu atividades de MEI

Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil
O presidente Jair Bolsonaro informou neste sábado (7), em mensagem no Twitter, que determinou o envio ao …

1 dia atrás