fbpx
Categoria: Destaque, Economia

Governo bloqueia mais R$ 1,44 bilhão do Orçamento

Pasta usou R$ 809 mi de reserva de emergência

Wellton Máximo/ Agência Brasil Publicado em 22/07/2019, às 16:10 • Atualizado em 22/07/19, às 16:10




Governo bloqueia mais R$ 1,44 bilhão do Orçamento

Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil

A revisão para baixo do crescimento da economia brasileira em 2019 fez a equipe econômica anunciar um novo bloqueio no Orçamento. Segundo o Relatório Bimestral de Avaliação de Receitas e Despesas, divulgado hoje (22) pelo Ministério da Economia, o governo decidiu contingenciar mais R$ 1,443 bilhão de verbas do Poder Executivo.

Agora, o valor contingenciado do Orçamento de 2019 soma R$ 31,224 bilhões. Originalmente, o governo teria de contingenciar R$ 2,252 bilhões, mas a equipe econômica usou R$ 809 milhões de uma reserva de emergência criada em março, reduzindo o valor do bloqueio adicional para R$ 1,443 bilhão.

A distribuição do contingenciamento pelas pastas só será anunciada na próxima semana, quando o governo editará um decreto detalhando o bloqueio. Os poderes Legislativo e Judiciário, o Ministério Público da União e a Defensoria Pública da União terão um contingenciamento adicional de R$ 16 milhões.

Enviado a cada dois meses ao Congresso Nacional, o Relatório Bimestral de Receitas e Despesas orienta a execução do Orçamento Geral da União com base na revisão dos parâmetros econômicos e das receitas da União. Caso as receitas caiam, o governo tem de fazer novos bloqueios para cumprir a meta de déficit primário – resultado negativo nas contas do governo sem os juros da dívida pública – de R$ 139 bilhões para este ano.

Retração

Há dez dias, o governo reduziu de 1,6% para 0,8% a projeção de crescimento para o Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas no país). A diminuição do crescimento impacta a arrecadação porque a desaceleração econômica reduz o pagamento de impostos em relação ao originalmente planejado.

Em março, o governo tinha criado uma reserva de emergência de R$ 5,37 bilhões para evitar novos contingenciamentos. No fim de maio, o governo usou parte dessas reservas para evitar um contingenciamento e liberar recursos para os ministérios da Educação e do Meio Ambiente. Agora, o governo queimou mais R$ 809 milhões da reserva, zerando o colchão de emergência.

Receitas

A equipe econômica revisou as receitas para baixo em R$ 5,296 bilhões. As principais diminuições vieram da diminuição da arrecadação do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins), com recuo de R$ 6,8 bilhões, devido ao baixo crescimento da economia e ao aumento no pedido de compensações tributárias por empresas. O menor lucro das empresas reduziu a projeção de arrecadação do Imposto de Renda em R$ 1,9 bilhão.

Outras receitas, como a arrecadação líquida da Previdência Social, subiu em R$ 1,477 bilhão. A receita de royalties de recursos naturais foi elevada em R$ 1,1 bilhão – R$ 485,2 milhões de royalties de minérios e R$ 641 milhões para royalties de petróleo.

O contingenciamento poderia ter sido maior se o governo não tivesse revisado para baixo as despesas obrigatórias em R$ 3,47 bilhões. As principais diminuições vieram dos créditos extraordinários para o subsídio ao óleo diesel (-R$ 1,9 bilhão) e no pagamento de sentenças judiciais e precatórios (-R$ 1,5 bilhão).



A matéria continua após a publicidade
Publicidade

Publicidade
Últimas noticias
Cidades

São José confirma quarta morte por dengue em 2019

Fonte: Divulgação
A Vigilância Epidemiológica de São José dos Campos confirmou nesta quarta-feira (21) mais uma morte por dengue em 2019. …

10 horas atrás
Cidades, Emprego

Feira de Empreendedorismo acontece no fim de semana e oferece 500 vagas de emprego

Foto: Claudio Vieira/PMSJC
Mais de 500 vagas de emprego serão oferecidas na Feira do Empreendedorismo e Trabalho (FET), que acontece no …

11 horas atrás
Destaque, Economia

Nestlé deve investir R$ 1 bilhão em nova linha em Caçapava

Foto: Governo do Estado de São Paulo
A Nestlé deve investir cerca de R$ 1 bilhão em novas linhas na fábrica …

12 horas atrás
Cidades

Preço da conta de luz da Elektro cairá 8,32% no Vale

Foto: Marcello Casal Jr
Atendendo 20 cidades do Vale do Paraíba, a distribuidora de energia Elektro terá redução no valor da …

12 horas atrás
Cidades

Recarga do cartão de transporte Rápido Taubaté agora pode ser feita pelo celular e com desconto

Foto: Divulgação
O serviço de recarga do cartão de transporte ‘Rápido Taubaté’ agora pode ser feita pelo celular e com desconto. O …

16 horas atrás
Esporte

Após goleada sofrida em casa, São José busca virada contra o Corinthians para se classificar

Foto: Renato Antunes/Maxx Sports
As meninas do São José entram em campo contra o Corinthians, nesta quarta-feira (21), a partir das …

16 horas atrás
Cidades

Carro ocupado por gestante capota em Quiririm

Foto:  Quiririm News
Um carro capotou com um homem de 35 anos e uma gestante de 31 anos na noite dessa terça-feira …

16 horas atrás
Cidades, Polícia

Operação Rodovia Mais Segura prende 10 pessoas na região

Foto: Divulgação/PM
Em mais uma edição da operação Rodovia Mais Segura, as polícias Militar do Estado de São Paulo e Rodoviária Federal …

16 horas atrás
Cidades

Pedido para elevar tarifa de ônibus em São José é negada

Foto: PMSJC
O Tribunal de Justiça negou nessa terça-feira (20) o pedido para que o reajuste da tarifa do transporte público …

17 horas atrás
Cidades, Economia

RMVale tem a segunda maior alta no PIB em São Paulo, diz Seade

Foto: Arquivo/Agência Brasil
Depois de uma queda de 2% no PIB (Produto Interno Bruto) entre 2014 e 2016, a Região Metropolitana …

18 horas atrás