fbpx
Categoria: Internacional, Política

Segundo navio iraniano deixa Porto de Paranaguá

O governo iraniano está sob sanções aplicadas pelos Estados Unidos. A Petrobras temia violar a legislação norte-americana devido ao embargo e, assim, sofrer prejuízos.

Bruno Bocchini/ Agência Brasil Publicado em 28/07/2019, às 17:09 • Atualizado em 28/07/19, às 17:09




O segundo navio iraniano MV Bavant, que ficou aguardando abastecimento no Porto de Paranaguá (PR), recebeu combustível e zarpou hoje (28) em direção ao Porto de Bandar Imam Khomeini, no Irã. O navio está carregado com 48 mil toneladas de milho e recebeu 1,3 mil toneladas de combustível. Essa embarcação e a também iraniana MV Termeh – que deixou o porto ontem - estavam paradas há cerca de 50 dias em Paranaguá porque a Petrobras se negava a abastecer os navios de bandeira do Irã. A estimativa é que, juntos, os dois navios levem cerca de 100 mil toneladas de milho, avaliadas em mais de R$ 100 milhões. O governo iraniano está sob sanções aplicadas pelos Estados Unidos. A Petrobras temia violar a legislação norte-americana devido ao embargo e, assim, sofrer prejuízos. No entanto, na última quarta-feira (24), o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, determinou que a Petrobras abastecesse os navios. “A decisão do STF garantiu a conclusão de uma operação comercial de exportação de milho ao Irã por uma empresa brasileira não sujeita a sanções pelas autoridades americanas. O entendimento foi de que a Petrobras não poderia sofrer sanções por fornecer esse combustível aos dois navios, até porque está cumprindo uma decisão judicial”, afirmou Rodrigo Cotta, advogado do escritório Kincaid Mendes Vianna, que representa a empresa a Eleva, que fretou os navios para exportar milho.

Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil

O segundo navio iraniano MV Bavant, que ficou aguardando abastecimento no Porto de Paranaguá (PR), recebeu combustível e zarpou hoje (28) em direção ao Porto de Bandar Imam Khomeini, no Irã.

O navio está carregado com 48 mil toneladas de milho e recebeu 1,3 mil toneladas de combustível. Essa embarcação e a também iraniana MV Termeh – que deixou o porto ontem – estavam paradas há cerca de 50 dias em Paranaguá porque a Petrobras se negava a abastecer os navios de bandeira do Irã. A estimativa é que, juntos, os dois navios levem cerca de 100 mil toneladas de milho, avaliadas em mais de R$ 100 milhões.

O governo iraniano está sob sanções aplicadas pelos Estados Unidos. A Petrobras temia violar a legislação norte-americana devido ao embargo e, assim, sofrer prejuízos. No entanto, na última quarta-feira (24), o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, determinou que a Petrobras abastecesse os navios.

“A decisão do STF garantiu a conclusão de uma operação comercial de exportação de milho ao Irã por uma empresa brasileira não sujeita a sanções pelas autoridades americanas. O entendimento foi de que a Petrobras não poderia sofrer sanções por fornecer esse combustível aos dois navios, até porque está cumprindo uma decisão judicial”, afirmou Rodrigo Cotta, advogado do escritório Kincaid Mendes Vianna, que representa a empresa a Eleva, que fretou os navios para exportar milho.



A matéria continua após a publicidade
Publicidade

Publicidade
Últimas noticias
Cidades

São José confirma quarta morte por dengue em 2019

Fonte: Divulgação
A Vigilância Epidemiológica de São José dos Campos confirmou nesta quarta-feira (21) mais uma morte por dengue em 2019. …

10 horas atrás
Cidades, Emprego

Feira de Empreendedorismo acontece no fim de semana e oferece 500 vagas de emprego

Foto: Claudio Vieira/PMSJC
Mais de 500 vagas de emprego serão oferecidas na Feira do Empreendedorismo e Trabalho (FET), que acontece no …

11 horas atrás
Destaque, Economia

Nestlé deve investir R$ 1 bilhão em nova linha em Caçapava

Foto: Governo do Estado de São Paulo
A Nestlé deve investir cerca de R$ 1 bilhão em novas linhas na fábrica …

12 horas atrás
Cidades

Preço da conta de luz da Elektro cairá 8,32% no Vale

Foto: Marcello Casal Jr
Atendendo 20 cidades do Vale do Paraíba, a distribuidora de energia Elektro terá redução no valor da …

12 horas atrás
Cidades

Recarga do cartão de transporte Rápido Taubaté agora pode ser feita pelo celular e com desconto

Foto: Divulgação
O serviço de recarga do cartão de transporte ‘Rápido Taubaté’ agora pode ser feita pelo celular e com desconto. O …

16 horas atrás
Esporte

Após goleada sofrida em casa, São José busca virada contra o Corinthians para se classificar

Foto: Renato Antunes/Maxx Sports
As meninas do São José entram em campo contra o Corinthians, nesta quarta-feira (21), a partir das …

16 horas atrás
Cidades

Carro ocupado por gestante capota em Quiririm

Foto:  Quiririm News
Um carro capotou com um homem de 35 anos e uma gestante de 31 anos na noite dessa terça-feira …

16 horas atrás
Cidades, Polícia

Operação Rodovia Mais Segura prende 10 pessoas na região

Foto: Divulgação/PM
Em mais uma edição da operação Rodovia Mais Segura, as polícias Militar do Estado de São Paulo e Rodoviária Federal …

16 horas atrás
Cidades

Pedido para elevar tarifa de ônibus em São José é negada

Foto: PMSJC
O Tribunal de Justiça negou nessa terça-feira (20) o pedido para que o reajuste da tarifa do transporte público …

17 horas atrás
Cidades, Economia

RMVale tem a segunda maior alta no PIB em São Paulo, diz Seade

Foto: Arquivo/Agência Brasil
Depois de uma queda de 2% no PIB (Produto Interno Bruto) entre 2014 e 2016, a Região Metropolitana …

18 horas atrás