fbpx
Categoria: Destaque, Economia

Estados Unidos são o principal destino das exportações da RMVale

China reduz 35% e deixa de comprar US$ 754 milhões da RMVale no ano.

Xandu Alves/OVALE - Publicado em 6/09/2019, às 9:09 • Atualizado em 6/09/19, às 9:09




Estados Unidos são o principal destino das exportações da RMVale

Foto: Arquivo/Agência Brasil

Entre janeiro e agosto deste ano, os Estados Unidos atingiram o maior percentual das exportações do Vale do Paraíba dos últimos três anos. Os norte-americanos compraram US$ 2,17 bilhões da região, o que representa 31,30% de tudo o que foi exportado pelo Vale nos oito primeiros meses do ano, com um total de US$ 6,95 bilhões.

O recorde anterior havia sido batido entre janeiro e julho deste ano, quando os americanos importaram US$ 1,95 bilhão do Vale de um total de US$ 6,22 bilhões, 31,29% das exportações.

Principal aliado comercial do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL), os EUA reassumiram a primeira posição do ranking das exportações do Vale desde o começo do mandato do mandatário.

Até o final de 2018, a posição era ocupada pela China, que fez o caminho inverso e caiu para um dos menores patamares da balança comercial com a região. Entre janeiro e agosto deste ano, os chineses compraram US$ 1,37 bilhão do Vale, 19% do total. Em janeiro de 2017, a China respondia por 47,26% do total das exportações.

Os chineses se mantiveram com percentual entre 20% e 30% das exportações do Vale durante todo o ano passado, superando os Estados Unidos, líderes absolutos da balança comercial do Vale até o final de 2016.

No ano seguinte, chineses e americanos competiram e oscilaram na primeira colocação durante o ano todo, para a China liderar em 2018 e os americanos, agora em 2019. Atualmente, os dois países travam uma guerra comercial.

Nos oito meses deste ano, os EUA aumentaram em 37,13% a importação de produtos do Vale ante o mesmo período do ano passado: US$ 2,17 bilhões ante US$ 1,58 bilhão.

China reduz 35% e deixa de comprar US$ 754 milhões da RMVale no ano

A China reduziu as importações do Vale do Paraíba em 35,39% neste ano, de janeiro a agosto, caindo de US$ 2,13 bilhões para US$ 1,37 bilhão.

A queda dos chineses, contudo, é prejudicial ao Vale. O país asiático deixou de comprar US$ 754,8 milhões da região nestes oito meses, valor não totalmente compensando pelo aumento dos Estados Unidos, que compraram US$ 589,4 milhões a mais. A diferença de US$ 165,4 milhões representa o 8º maior valor das exportações do Vale para países do mundo, atrás da França, que importou US$ 166,4 milhões entre janeiro e agosto.

Argentina despenca no comércio em 2019

Maior importadora de veículos, a Argentina também registra um dos menores percentuais das exportações do Vale desde o início de 2017. Entre janeiro e agosto deste ano, o país vizinho importou US$ 499,2 milhões do Vale, 7,17% do total.

Em janeiro do ano passado, os argentinos foram responsáveis por 12,36% das exportações da região, o maior percentual dos últimos quase três anos.

Em janeiro de 2019, o índice despencou para 4,17%, com US$ 31,4 milhões, para subiu um pouco e alcançar 7,31% entre janeiro e maio, o maior percentual do ano.

Durante todo o ano passado, a Argentina oscilou entre 9% e 12% das exportações da região. O país passa atualmente por uma crise econômica e está em pleno período eleitoral.



A matéria continua após a publicidade
Publicidade

Deixe seu comentário:
Os comentários não representam a opinião da SP Rio +. A responsabilidade é do autor da mensagem.
Últimas noticias
Economia

Dívida Pública Federal sobe 1,56% em agosto e vai para R$ 4,41 tri

Foto: Agência Brasil
A melhoria das condições de mercado e as novas emissões permitiram que o endividamento do governo subisse em …

17 horas atrás
Economia

Contas públicas podem ter déficit de R$ 871 bilhões este ano

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
As contas públicas do governo federal devem fechar este ano com um déficit de R$ 871 bilhões. …

19 horas atrás
Economia

Mercado financeiro aumenta projeção da inflação para 2,05%

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
A previsão do mercado financeiro para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA – …

23 horas atrás
Economia, Mais Destaques

ACI faz ‘carta’ com propostas ao futuro prefeito de São José dos Campos

Foto: Divulgação
A Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos divulgou a ‘Carta de São José’, que contém propostas …

1 dia atrás
Economia

Caixa paga hoje auxílio emergencial para 9,4 milhões de trabalhadores

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
A Caixa Econômica Federal paga nesta segunda-feira (28) mais uma parcela do Auxílio Emergencial a 9,4 milhões …

1 dia atrás
Cidades, Destaque

Justiça concede liminar que ordena aumento da frota de ônibus em São José dos Campos

Foto: PMSJC
A juíza Laís Helena de Carvalho Scamilla Jardim determinou, em caráter liminar, que a Prefeitura de São José dos …

1 dia atrás
Destaque, Economia

Confiança da indústria atinge maior nível desde janeiro de 2013

Foto: Reuters
O Índice de Confiança da Indústria, medido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), cresceu 8 pontos na passagem de agosto …

1 dia atrás
Cidades, Meio Ambiente

Treze pessoas são presas com suspeita de envolvimento na queda de um balão em Jambeiro

Foto: Divulgação/Polícia Ambiental
Treze pessoas, que são suspeitas de estarem envolvidas na queda de um balão, foram presas neste domingo (27) …

1 dia atrás
Cidades, Mais Destaques

Motociclista fica ferido após bater em ônibus da ABC Transporte em Taubaté

Foto: Rauston Naves/Rádio Metropolitana
Um motociclista de 25 anos ficou ferido após colidir de frente com um ônibus do transporte coletivo, …

3 dias atrás
Cidades, Emprego

Ball está com vagas de emprego abertas em São José dos Campos

Foto: Agência Brasil
A Ball, companhia de embalagens sustentáveis de alumínio, está com vagas de emprego abertas em São José dos …

4 dias atrás