fbpx
Categoria: Cidades

Assembleia Legislativa aprova proposta de Doria para extinção da Dersa

Atualmente, na RMVale, a travessia da balsa entre Ilhabela e São Sebastião é de responsabilidade da Dersa.

OVale Publicado em 11/09/2019, às 11:28 • Atualizado em 11/09/19, às 11:28




Foto: Divulgação

A Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou, nesta terça-feira (10), por 64 votos a 15 e duas abstenções, o PL 727/19, que visa a extinção da empresa Dersa – Desenvolvimento Rodoviário S/A. O projeto é de autoria do governador João Dória (PSDB).

A empresa é responsável por desenvolver projetos de rodovias e outras infraestruturas ligadas ao transporte. Atualmente, na RMVale, a travessia da balsa entre Ilhabela e São Sebastião é de responsabilidade da Dersa.

De acordo com o texto aprovado pelos deputados estaduais, o governo de São Paulo será autorizado a realizar a dissolução, extinção e liquidação da empresa.

“Parabéns aos 64 deputados que votaram favoravelmente à extinção da Dersa, proposta pela nossa gestão assim que assumimos o Governo de SP. Passo importante para enxugar a máquina pública e trazer mais eficiência para os serviços prestados à população”, disse Doria em texto publicado em seu Twitter.

Na justificativa do projeto, o governo do Estado argumenta que a Dersa perdeu parte de suas atribuições: “a companhia não mais realiza operações diretas de rodovias, que têm sido concedidas à iniciativa privada de acordo com os métodos de gestão pública mais modernos”.

De acordo com o texto, as atividades de orçar, contratar e vistoriar obras que hoje estão a cargo da Dersa, serão assumidas pela administração direta, sem prejuízos à continuidade do serviço público.

Com a aprovação do Legislativo, o texto segue para o gabinete do governador para sanção.

“Com a proposta de extinção da Dersa, o governo dá continuidade ao processo de enxugamento da máquina estatal e redução de custos, a exemplo do que já está fazendo com as outras três empresas (Emplasa, CPOS e Codasp) já extintas e que estão em processo de liquidação. Aos funcionários da Companhia será aberto um Plano de Demissão Incentivada (PDI). As atividades da Dersa serão transferidas para a Secretaria de Transportes e Logística, sem prejuízo de qualquer obra e/ou serviço de interesse público”, diz a nota da Secretaria de Transportes e Logística.

HISTÓRICO

Em março deste ano, o ex-diretor da Dersa, o taubateano Paulo Vieira de Souza, conhecido como Paulo Preto, foi condenado a 145 anos e oito meses de reclusão, em regime inicial fechado.

O ex-diretor da Dersa foi condenado por comandar e participar de esquema que desviou mais de R$ 7 milhões que seriam destinados a moradores afetados pelas obras próximas ao trecho sul do Rodoanel e pela ampliação das avenidas Jacu Pêssego e da Marginal Tietê, em SP. Ele também foi sentenciado ao pagamento de 4.320 dias-multa no valor de cinco salários mínimos à época dos fatos.

Além de Paulo Preto, José Geraldo Casas Vilela, ex-chefe de assentamento da Dersa, foi condenado a 145 anos e oito meses de prisão. A filha de Paulo Preto, Tatiana Arana de Souza Cremonini, também foi sentenciada a 24 anos e três meses de reclusão.

Tanto Paulo Preto quanto sua filha e Vilela também deverão pagar o valor mínimo de R$ 7,7 milhões para reparação de danos causados pela infração.

Uma ex-funcionária da Dersa também foi condenada no processo a 12 anos e 15 dias de reclusão. A pena, no entanto, foi substituída por medidas restritivas de direito.



A matéria continua após a publicidade
Publicidade

Publicidade
Últimas noticias
Cidades, Economia

Preço do combustível sobe até 24% na região em um ano, aponta ANP

Foto: Arquivo/OVale
O diesel foi o combustível com a maior alta no Vale do Paraíba em um ano, segundo dados da …

56 minutos atrás
Cidades, Emprego

Pat de São José dos Campos oferece 56 vagas de emprego nesta terça-feira

Foto: Divulgação
O PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador) de São José dos Campos disponibilizou nesta terça-feira (21) 56 vagas de …

47 minutos atrás
Cidades, Destaque, Economia

Embraer concede licença remunerada a 16 mil funcionários que retornavam das férias coletivas

Foto: Divulgação/ Embraer
A Embraer concedeu uma licença remunerada aos 16 mil funcionários da empresa, nesta terça-feira (21), os funcionários retornavam …

13 minutos atrás
Cidades, Saúde

Caraguatatuba reforça vacinação contra febre amarela

Foto: Divulgação/PMC
A Prefeitura de Caraguatatuba, por meio da Secretaria de Saúde, oficializa o trabalho de reforço da vacinação contra a …

16 minutos atrás
Cidades, Educação

Ajustes para que escolas recebam AVCB poderá custar R$ 20,9 milhões em São José

Foto: Charles de Moura/PMSJC
O governo Felicio Ramuth (PSDB) prevê gastar até R$ 20,994 milhões para a realização de adequações que …

20 minutos atrás
Economia

Guedes conversa com ministros suíços e CEOs de empresas em Davos

Foto: José Cruz/Agência Brasil
Representante brasileiro no Fórum Econômico Mundial, evento que reúne líderes políticos e empresários em Davos, na Suíça, …

2 horas atrás
Cidades

Embraer inaugura sede em Eugênio de Melo

Foto: Divulgação
A Embraer inaugura nesta terça-feira (21) as novas instalações da unidade de Eugênio de Melo, distrito de São José …

2 horas atrás
Economia

Brasil é o quarto maior destino de investimentos no mundo em 2019

Foto: Freepik
Com a ajuda do programa de privatização de empresas federais, o Brasil subiu da sexta para a quarta posição …

2 horas atrás
Cidades, Destaque

Prefeitura de Jacareí descarta demissões na Santa Casa

Foto: Rogério Marques/arquivo OVALE
Após uma ata apontar que um estudo de demissões estaria sendo feito na Santa Casa, o governo …

3 horas atrás
Cidades

Dutra tem interdições durante a madrugada em São José e Jacareí

Foto: Divulgação
A rodovia Dutra vai realizar até o próximo domingo (26), obras de recuperação de pavimento da via Dutra no trecho …

18 horas atrás