fbpx
Categoria: Economia

Governo e setor privado estimam Custo Brasil em R$ 1,5 trilhão por ano

Elaine Patrícia Cruz/Agência Brasil - Publicado em 28/11/2019, às 16:18 • Atualizado em 28/11/19, às 16:18




Governo e setor privado estimam Custo Brasil em R$ 1,5 trilhão por ano

Foto: Ilustração/Agência Brasil

Estimativa divulgada nesta quinta-feira (28), em São Paulo, pelo Ministério da Economia revela que o Custo Brasil consome das empresas R$ 1,5 trilhão por ano, o que representa 22% do Produto Interno Bruto (PIB, soma de todos os bens e serviços produzidos no país). O cálculo foi feito pelo governo federal em parceria com o setor privado.

Custo Brasil é um termo que descreve o conjunto de dificuldades estruturais, burocráticas e econômicas que encarecem e comprometem novos investimentos pelas empresas e pioram o ambiente de negócios no país.

Segundo o secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa, essa estimativa reflete o custo que as empresas brasileiras têm acima da média dos países que integram a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). “É um número que representa o peso da nossa burocracia, o peso de vários erros que foram cometidos no passado”, disse Costa a jornalistas.

Costa ressaltou que, entre os elementos que compõem o Custo Brasil, o que mais pesa para as empresas é o emprego de capital humano. “O Brasil, que precisa contratar pessoas para reduzir o índice de desemprego, tem como principal componente do Custo empregar capital humano. Cometemos erros no passado de qualificação de mão de obra, de educação e de excessivos encargos trabalhistas”, explicou.

Segundo o secretário, depois disso, aparece o pagamento de tributos. “Nossa estrutura tributária é muito complexa. E o terceiro [elemento] é utilizar a nossa infraestrutura, que, nas últimas décadas, se deteriorou. Precisamos ter medidas concretas, que o governo federal está implementando, para que nós consigamos reverter essa situação.”

Depois de divulgar a estimativa do Custo Brasil, o secretário lançou o Programa de Melhoria Contínua da Competitividade, que terá como base o Custo Brasil e que foi feito em parceria com entidades setoriais. A portaria do programa foi assinada hoje.

“Estamos, a partir de hoje, implementando aquele que pode ser um programa que pode transformar nossa economia. É uma forma de tratarmos cada um dos problemas com método, com cálculo do impacto de cada melhoria, de cada nova lei, cada nova norma, sobre nosso ambiente de negócios e de nossa competitividade e dificuldade”, destacou Costa. “Vamos trabalhar para que nosso Custo Brasil se reduza o mais rápido possível”, disse o secretário. Ele enfatizou que ainda não é possível calcular em quanto tempo o Brasil poderá reduzir seu custo, de modo que este entre na média dos países que compõem a OCDE.

O programa traz uma abordagem que busca reduzir o Custo Brasil por meio de nova metodologia de análise e governança, avaliando e priorizando propostas que tenham chances de melhorar o ambiente de negócios e a competitividade brasileira. O secretário informou que, para isso, será criado um canal centralizado de comunicação no site do Ministério da Economia, por meio do qual serão recebidas propostas de políticas públicas ou de soluções para a melhoria do ambiente de negócios, aberto a organizações representativas do setor privado. Um conselho deliberativo da secretaria é quem irá avaliar as propostas e tomar as decisões.



A matéria continua após a publicidade
Publicidade

Publicidade
Últimas noticias
Cidades, Educação

Senac de Guaratinguetá abre mais de 900 vagas para bolsa de estudo

Foto: Divulgação
O Senac Guaratinguetá está com mais de 900 vagas abertas para bolsas de estudo em cursos livres e técnicos, …

14 horas atrás
Destaque, Economia

Bolsonaro sanciona lei que aumenta limite do saque imediato do FGTS

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
O limite do saque imediato das contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) passou …

15 horas atrás
Cidades

Caravanas de Natal passam pela região oeste nesta quinta-feira em São José

Foto: Divulgação/PMSJC
As Caravanas de Natal do projeto “Natal Iluminado” vão passar pela zona oeste de São José dos Campos nesta quinta-feira …

16 horas atrás
Esporte

Meninas da Águia estreiam no Brasileirão contra o Internacional em fevereiro

Foto: Camila Souza/SC Internacional
A CBF divulgou nesta quinta-feira (12) uma tabela básica do Campeonato Brasileiro Feminino de 2020. O São …

18 horas atrás
Cidades, Emprego

Pat de São José dos Campos oferece 47 vagas de emprego nesta quinta-feira

Foto: Claudio Vieira/ PMSJC
O PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador) de São José dos Campos disponibilizou nesta quinta-feira (12) 47 …

18 horas atrás
Cidades

Promessa, ampliação do COI de Taubaté é concluída por Ortiz

Fonte: Arquivo/OVALE
Após dois adiamentos, foi concluída esse mês a instalação das 30 novas câmeras de monitoramento do COI (Centro de …

18 horas atrás
Cidades

Diretores do HU de Taubaté faltam a convocação do Legislativo

Foto: Divulgação
Nenhum diretor daAssociação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina compareceu à Câmara de Taubaté na noite dessa quarta-feira para …

18 horas atrás
Cidades, Política

Câmara de Jacareí aprova subsídio de R$ 1,2 milhão no transporte

Foto: /Rogério Marques/Arquivo OVALE
O prefeito Izaias Santana (PSDB) vai conceder aproximadamente R$ 1,2 milhão de subsídio no transporte coletivo em …

18 horas atrás
Esporte

Filipinho fica fora, mas Medina se classifica para Tóquio 2020

Foto: Divulgação
O surfista brasileiro Gabriel Medina, de São Sebastião, garantiu,  nesta quarta-feira (11), sua vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio …

19 horas atrás
Cidades, Destaque

Duplicação da Tamoios sofre atraso e ficará para 2021

Foto: Divulgação
A obra de duplicação da Rodovia dos Tamoios, antes prevista para ser finalizada até dezembro de 2020, agora deve …

19 horas atrás