Categoria: Destaque, Economia

Mercado financeiro prevê queda de 1,18% da economia este ano

Previsão do mercado para o PIB de 2021, 2022 e 2023 continua em 2,50%

Kelly Oliveira/Agência Brasil - Publicado em 6/04/2020, às 9:24 • Atualizado em 6/04/20, às 9:24




Mercado financeiro prevê queda de 1,18% da economia este ano

Foto: Agência Brasil

O mercado financeiro estima queda ainda maior da economia este ano, por influência da pandemia do coronavírus. A previsão de recuo do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – agora é de 1,18%. Essa foi a oitava redução consecutiva. Na semana passada, o mercado  previa queda de 0,48%.

A estimativa consta do boletim Focus, uma publicação elaborada todas as semanas pelo Banco Central, com a projeção para os principais indicadores econômicos.

As previsões do mercado para o PIB de 2021, 2022 e 2023 continuam em 2,50%.

Já a cotação do dólar deve fechar o ano em R$ 4,50, a mesma previsão da semana passada. Para 2021, a expectativa é que a moeda americana fique em R$ 4,40, contra R$ 4,30 da semana passada.

Inflação

As instituições financeiras consultadas pelo BC também reduziram a previsão de inflação de 2020. A projeção para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) caiu, pela quarta vez seguida, ao passar de 2,94% para 2,72%.

Para 2021, a estimativa de inflação também foi reduzida, de 3,57% para 3,50%. A previsão para os anos seguintes – 2022 e 2023 – não teve alterações e permanece em 3,50%.

A projeção para 2020 está abaixo do centro da meta de inflação que deve ser perseguida pelo BC. A meta, definida pelo Conselho Monetário Nacional, é de 4% em 2020, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. Para 2021, a meta é 3,75% e para 2022, 3,50%, também com intervalo de 1,5 ponto percentual em cada ano.

Selic

Para alcançar a meta de inflação, o Banco Central usa como principal instrumento a taxa básica de juros, a Selic, estabelecida atualmente em 3,75% ao ano pelo Comitê de Política Monetária (Copom).

Para o mercado financeiro, a expectativa é que a Selic tenha mais uma redução e encerre 2020 em 3,25% ao ano. Na semana passada a previsão para o fim de 2020 era 3,50% ao ano.

Quando o Copom reduz a Selic, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação e estimulando a atividade econômica. Quando o Copom aumenta a taxa básica de juros, o objetivo é conter a demanda aquecida, e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

Para o fim de 2021, a expectativa é que a taxa básica chegue a 4,75% ao ano. A previsão anterior era de 5% ao ano. Para o fim de 2022, as instituições mantiveram a previsão em 6% ao ano e, para o final de 2023, a estimativa passou de 6,25% ao ano para 6% ao ano.



A matéria continua após a publicidade
Publicidade

Deixe seu comentário:
Os comentários não representam a opinião da SP Rio +. A responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade:
Últimas noticias
Economia

São Sebastião libera 100% da capacidade de lojas e salões de beleza

Foto: PMSS
A Prefeitura de São Sebastião anunciou nesta quarta-feira (12) novas regras de flexibilização da quarentena na cidade. As regras …

8 horas atrás
Esporte

Conmebol divulga jogos da Copa América e libera trocas para mata-mata

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
O Brasil começa a defender o título da Copa América no dia 13 de junho do ano …

9 horas atrás
Cidades, Destaque

Poupatempo inicia reabertura gradual a partir de 26 de agosto na RMVale

Foto: PMSJC
O Governo do Estado de São Paulo anunciou a reabertura gradual do Poupatempo em cidades que estão nas fases …

10 horas atrás
Cidades

Horto Florestal de Campos do Jordão será reaberto hoje

Foto: Divulgação
O governo do Estado de São Paulo anunciou nesta quinta-feira (13) a reabertura do Horto Florestal, em Campos do …

13 horas atrás
Esporte

Série A-2 do Campeonato Paulista volta a ser disputada na próxima quarta-feira

Foto: Caíque Toledo / EC Taubaté
Após cinco meses de paralisação por conta da pandemia do coronavírus, a bola vai voltar …

14 horas atrás
Destaque, Economia

GM apresenta propostas de PDV e pretende prorrogar layoff

Foto: Luiz Chaves / Palácio Piratini
A General Motors (MG) apresentou nesta quarta-feira (12) uma proposta para prorrogar o período de …

14 horas atrás
Economia

Caixa libera hoje saque de auxílio emergencial para 4 milhões de pessoas

Foto: Marcello Casal Jr/Agencia Brasil
A Caixa libera nesta quinta-feira (13) saques e transferências de parcelas do auxílio emergencial para 4 …

15 horas atrás
Cidades, Emprego

PAT’s de São José dos Campos e Jacareí oferecem 16 vagas de emprego nesta quinta-feira

Foto: Divulgação
Os PAT’s (Posto de Atendimento ao Trabalhador) de São José dos Campos e Jacareí disponibilizaram nesta quinta-feira (13) cerca …

15 horas atrás
Destaque, Economia

Fim do acordo com a Boeing é o principal motivo para prejuízo na Embraer, diz Sindicato

Foto: Divulgação
O Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, por meio de um estudo realizado pelo laese (Instituto Latino-Americano …

1 dia atrás
Economia

Bolsonaro defende privatizações e responsabilidade fiscal do Estado

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
O presidente Jair Bolsonaro defendeu hoje (12) a privatização de empresas públicas e disse que “os desafios …

1 dia atrás